O tom alaranjado do céu de Curitiba nos últimos dias deixa a foto mais bonita, sim. Não dá pra negar. Tanto que muita gente tem aproveitado pra postar a imagem nas mídias sociais. Mas você sabia que isso na verdade é um problema? O tom alaranjado é efeito da poluição acumulada na atmosfera.

Isso acontece com mais frequência em longos períodos sem chuva, como o que estamos vivendo agora. No momento, o cenário fica ainda mais intenso por causa do incêndio no Pantanal, no Mato Grosso do Sul, cuja fumaça alcançou Curitiba.

+Leia mais! Bombeiros do Paraná vão ajudar a combater incêndio no MS

Foto: Lineu Filho

“Normalmente o céu alaranjado, tanto de manhã quando à noite, quando o sol está mais distante, é consequência da presença de poluentes, de poeira, no ar. Apesar de ser bonito, é uma situação que indica que o local está com presença elevada de poluentes e de poeira”, explica o meteorologista Samuel Braun do Simepar.

Segundo o meteorologista existem duas soluções para amenizar a presença destes poluentes no ar. “A chuva ou a direção do vento. Nesta terça-feira, por exemplo, não teremos céu alaranjado porque o vento está soprando do mar, normalmente o oceano tem menos concentração de poluentes. Mas no interior ainda está aberto, até por causa do incêndio no Mato Grosso do Sul”, disse. “O ideal seria uma chuva boa para dar uma limpada na atmosfera”, ressaltou.

VEJA TAMBÉM – Mais forte, ciclone bomba vai pro oceano e calor volta na quarta-feira a Curitiba

Sobre a chuva, o Simepar tem previsão de 19,3 mm de chuva para quinta-feira, mas não é a quantidade ideal. A previsão aponta para 95% de probabilidade de ocorrência de chuva nesta quinta-feira.