Uma forte chuva de granizo registrada na tarde desta terça-feira (23) fez com que 290 pessoas, em cerca de 80 famílias, precisassem de ajuda do Corpo de Bombeiros. Era final de tarde quando a chuva forte atingiu praias do litoral com ventos fortes e pedras de gelo de tamanho médio. O temporal durou cerca de 10 minutos atingiu as cidades de Guaratuba, Paranaguá e Matinhos.

+Viu essa? 100 homens vão só de sunga a restaurante de Curitiba em troca de macarrão

Imagens das pedras de gelo caindo no mar impressionam e mostram quão grande eram as pedras de granizo. Apensar do grande estrago, nenhuma família ficou desalojada.

Imagem reproduzida no Bom Dia Paraná desta quarta-feira (24) mostra a força das pedras atingindo o litoral paranaense.
Imagem reproduzida no Bom Dia Paraná desta quarta-feira (24) mostra a força das pedras atingindo o litoral paranaense. Foto: Reprodução/RPC.

Guaratuba, informou o Corpo de Bombeiros, os bairros mais atingidos foram Coapar, Vila Esperança, Carvoeiro e Vila Mirim. Foram 17 bombeiros trabalhando para ajudar as famílias da cidade, além de 30 funcionários da prefeitura. Em Matinhos, 17 famílias foram afetadas, segundo o Corpo de Bombeiros.

+Leia mais! Deputados fazem Atletiba em plena sessão plenária na Alep; sobrou até pros paranistas

O que aconteceu no tempo do litoral?

Segundo o Simepar o temporal atingiu parte do litoral por volta das 16h, nas regiões das baías de Paranaguá e de Guaratuba. Em Paranaguá o temporal não foi tão intenso quanto em Guaratuba. “Entre Guaratuba e Matinhos tivemos relatos de queda de granizo; nas estações do Simepar, o vento atingiu 62 km/h e choveu entre 10 mm e 15 mm. O intenso calor e a disponibilidade facilitaram a intensificação desses temporais na faixa litorânea”, explicou o Simepar.

Web Stories

Novidades!

Filme do Elton John chega nesta semana na Netflix; confira a lista !

Vai fechar!

Conheça os produtos que estão em liquidação no Extra!

Natal em Curitiba

Caminho de Luz Curitiba – saiba como fazer a inscrição!

Nos Tempos do Imperador

Luísa e Teresa decidem uma trégua