Uma árvore caiu em cima de um carro, na Rua Sete de Abril, bairro Alto da XV, em Curitiba. No fim da tarde desta segunda-feira (17), a árvore que ficava dentro de um terreno caiu em cima do carro, que estava parado no semáforo. Dentro do carro, pai e filho ficaram presos mas não se feriram. Os dois foram resgatados pelo Corpo de Bombeiros.

LEIA TAMBÉM:

>> Curitiba bipolar: sol numa região, céu preto de chuva em outra. Defesa Civil emite alerta

>> Limite territorial entre Curitiba e Fazenda Rio Grande vai ser reajustada pela Comec

Em entrevista para o jornal Boa Noite Paraná, da RPC, o motorista do carro contou como tudo aconteceu. “Eu estava vindo pela via, tinha acabado de deixar a minha esposa no trabalho. De repente só ouvi uma pancada e a árvore caiu em cima”, revelou.

Por causa da queda da árvore, o trânsito ficou interrompido na Rua Sete de Abril, no sentido Viaduto do Capanema. Já no sentido bairro Juvevê, uma faixa foi liberada. Até por volta das 19h30, o fluxo de veículos era lento na região.

Ao todo, foram 22 solicitações para corte emergencial de árvores, segundo informações da Defesa Civil de Curitiba.

Região norte foi a mais afetada

A Defesa Civil municipal emitiu um alerta de temporal por volta das 15 horas desta segunda-feira (17) e logo em seguida o céu fechado foi tomando conta de parte da capital paranaense.

A região norte da capital foi a mais afetada pela chuva que atingiu a cidade no fim da tarde desta segunda. Com rajadas de vento de até 41 km/h e precipitação acumulada de 51,4 mm em duas horas, a chuva provocou quedas de árvores e de galhos grandes, pontos de alagamento e necessidade de fornecimento emergencial de lona para residências.

A Defesa Civil informa ainda sobre dois fornecimentos de lona, nos bairros Campo Comprido e Santa Cândida, e dois registros de pontos de alagamento, no Cabral e no Xaxim.

Equipes da Prefeitura estão em atendimento às situações. A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil de Curitiba continua monitorando as situações e possibilidades de novas chuvas para eventual intervenção e acionamento dos órgãos competentes.

Central 156

O cidadão que precisar comunicar a Prefeitura sobre estragos provocados pelo vendaval deve utilizar o telefone 156 da Central de Atendimento ao Cidadão, pelo site (www.central156.org.br) ou pelo aplicativo do serviço. O atendimento é feito por ordem de chamada e também de acordo com a gravidade da situação relatada.

A Defesa Civil registra as ocorrências que chegam ao município pelo telefone de emergência 199 (alagamentos) e, também, pelo 156 (Central de Atendimento ao Cidadão, que registra as solicitações para retiradas de árvore) e pelo 153 (Centro de Operações da Guarda Municipal – fornecimento de lona).

Outras situações decorrentes de chuvas ou temporais podem ser atendidas pelo Corpo de Bombeiros (193 – resgate) e pela Copel (falta de luz).

Nova novela

Conheça o elenco principal de “Poliana Moça”

Quanto Mais Vida, Melhor

Flavia/Guilherme se esconde no bar de Teca

Além da Ilusão

Davi pede desculpa a Isadora por tê-la beijado

Confira!

John Wick 2 e mais filmes e séries chegam nesta semana na Netflix