Um ciclone extratropical que se formou no Rio Grande do Sul deve provocar tempestades de 66 mm/h e ventos de até 100 km/h nesta segunda-feira (02), segundo informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Por causa do risco de grande perigo, o Inmet publicou um aviso de severidade entre a divisa do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, que iniciou às 16 horas desta segunda e vai até as 10 horas de terça-feira (03).

A passagem do ciclone pela região pode causar danos em edificações, corte de energia elétrica, de queda de árvores, descargas elétricas, alagamentos, enxurradas e grandes transtornos no transporte rodoviário.

LEIA TAMBÉM:

>> Tosse, nariz escorrendo, dor no corpo? Saiba quando procurar atendimento

>> Policial Federal atira contra quatro pessoas em posto de combustíveis em Curitiba; Uma morreu

Já em uma área maior, que abrange mais da metade do Rio Grande do Sul, quase todo estado de Santa Catarina e sudoeste do Paraná, o aviso é de chuvas intensas entre às 9 horas desta segunda até 10 horas de terça. Segundo o Inmet, a previsão é de chuva superior a 60 mm/h, com ventos superiores a 100 km/h. Há grande risco de corte de energia, queda de árvores, descargas elétricas, alagamentos e enxurradas.

E em Curitiba?

Na madrugada desta terça-feira (03), a vinda de uma Frente Fria sobre o Paraná pode provocar pancadas de chuva, rajadas de vento e trovoadas, segundo o Simepar. No decorrer do dia, a previsão é de instabilidade, que atua em Curitiba e também em toda área da região metropolitana. Outras regiões do Estado também serão afetadas.

Na capital, a temperatura mínima atinge 15º C e a máxima alcança 20°C nesta terça-feira.

Pantanal

Zuleica está preocupada com Marcelo

Instagramáveis

Saiba onde encontrar as lindas cerejeiras em Curitiba

Novidades da Netflix

Volume 2 de Stranger Things 4 e mais séries e filmes chegam nesta semana

Além da Ilusão

Joaquim termina seu noivado com Isadora