O Paraná será novamente afetado por um ciclone entre terça (07) e quarta-feira (08), segundo o Instituto Tecnológico Simepar. Desta vez, porém, será um ciclone extratropical, mais lento e com menos potencial de destruição que o registrado na última terça-feira (30). O fenômeno deve trazer chuva para Curitiba e ventos de até 60 km/h. Chamado de ciclone bomba, o fenômeno da semana passada deixou 1,2 milhão de imóveis sem energia no Paraná, gerando a maior ocorrência do tipo na história da Copel. Até este domingo (05) moradores do litoral estavam sem energia elétrica.

+Leia mais! Avó e netas seguem internadas neste domingo após prédio desabar em Colombo

O meteorologista Lizando Jacóbsen, do Simepar, explica que a formação do ciclone extratropical será bastante semelhante ao ciclone bomba, da semana passada, mas com bem menos intensidade. “É menos intenso, mais ‘lento’ e também não tem a mesma magnitude, por isso que os impactos serão mais atenuados em relação ao da semana passada. Vamos ter temporal e vento forte, mas em menor escala, menos abrangência e menor intensidade”, explicou.

Curitiba, portanto, pode sofrer os resquícios novamente do fenômeno, mas em menor intensidade. Na quarta-feira probabilidade de chuva é de 95%, com temperaturas entre os 12ºC e 23ºC.

+Viu essa? Ciclone bomba impediu vinda da nuvem de gafanhotos ao Paraná

Segundo o meteorologista, quanto mais perto da divisa com Santa Catarina, onde o ciclone extratropical será formado, mais forte devem ser os ventos e chuvas.”O setor norte, por exemplo, não vai sentir nada. A situação será mais problemática nas localidades mais da divisa com Santa Catarina”, disse. A previsão aponta ventos de 50 a 60 quilômetros por hora, ou seja, menor que os de 100 km/h registrados na semana passada.

Depois vem o frio!

Até a chegada do ciclone extratropical as temperaturas ficam amenas em Curitiba e região, com mínima de 12 e máxima de 25 graus. Depois da passagem do ciclone vem novamente o frio. Curitiba deve ter na quinta-feira, por exemplo, mínima de 7ºC e máxima de 17ºC.


Precisamos do seu apoio neste momento!

Este conteúdo te ajudou? Curtiu a forma que está apresentado? Bem, se você chegou até aqui acredito que ficou bacana, né?

Neste cenário de pandemia, nós da Tribuna intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise. Bora ajudar?

Ao contribuir com a Tribuna, você ajuda a transformar vidas, como estas

– Pai vende vende 1000 bilhetes de rifa com a ajuda da Tribuna pra salvar o filho
– Leitores da Tribuna fazem doação de “estoque” de fraldas para quíntuplos
– Leitores se unem para ajudar catadora de papel de 72 anos

E tem várias outras aqui!

Se você já está convencido do valor de sua ajuda, clique no botão abaixo