Para melhorar a segurança dos moradores de Campo Largo, a Prefeitura vai instalar o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (CIOSP), a partir do ano de 2020. Com a licitação já em andamento, o CIOSP vai trabalhar em conjunto com as demais forças de segurança – Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Estadual, Polícia Civil, Polícia Militar, Bombeiros, Guarda Municipal e Defesa Civil – para ampliar os serviços de fiscalização e segurança na região.

O CIOSP será instalado na sede da Secretaria Municipal de Ordem Pública (no Centro da cidade), que será a responsável pela administração do Centro de Operações. Testes e experiências técnicas já foram realizadas em alguns espaços municipais, como a instalação de uma câmera na Avenida Padre Natal Piggato. Em no máximo 60 dias a reforma e a readaptação da sede do novo CIOSP serão iniciadas para comportar equipes das Forças Policiais que atuarão 24 por dia, em ambiente blindado, à otimização da segurança pública de Campo Largo.

+ Leia mais: Com sua arte, Muralista dá nova vida pra Pinhais e chama atenção do Brasil inteiro

O trabalho será realizado em sistema integrado, facilitando o contato entre as polícias, minimizando tempo e chegando mais rápido em casos de violências e crimes. Serão instaladas câmeras pela cidade – em todas as entradas e saídas de acesso ao município. A tecnologia que será utilizada fará reconhecimento instantâneo de placas de veículos, reconhecimento facial e dados serão automaticamente levantados e apresentados à central. Os pontos de  instalação das câmeras serão estrategicamente escolhidos pelas polícias para impedir o acesso da criminalidade no município.

O investimento da Prefeitura será de aproximadamente R$ 3 milhões e o projeto foi inspirado na estrutura semelhante que existe na cidade Indaiatuba (SP).