Curitiba é a terceira capital com maior porcentual de fumantes do país. Segundo informação do Vigitel 2018, pesquisa anual do Ministério da Saúde sobre fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis, 11,4% dos curitibanos com mais de 18 anos são tabagistas. Nos dois anos anteriores, Curitiba era líder do ranking, com 15,6% (2017) e 14% (2016). Agora, aparece atrás de São Paulo (12,5%) e Porto Alegre (14,4%), voltando ao terceiro posto, que ocupou em 2009 e entre 2013 e 2015.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

A notícia positiva para os curitibanos é que desde 2006, quando a pesquisa começou a ser realizada, nunca o porcentual de fumantes foi tão baixo na cidade. Em 2011, na outra ponta, chegou a 20,2%. Em termos de simples comparação com outras capitais, porém, a situação de Curitiba já foi melhor. Em 2012, por exemplo, a cidade era a sétima colocada no ranking. As entrevistas para o levantamento do Vigitel são feitas por telefone.

+ Leia mais: Diretora de escola da RMC é afastada após aluna vomitar depois de bronca

Em Curitiba, Grupos de Controle do Tabagismo são ofertados nas 111 unidades de saúde, com encontros semanais e, se necessário, prescrição de medicamentos para auxiliar no tratamento.

Vídeo! Transtornado e em cima de telhado, policial é contido a tiros na RMC