Uma clínica pública, voltada à saúde masculina com horário alternativo de atendimento. Essa é a proposta da Clínica e-COA, inaugurada nesta terça-feira (11) pela prefeitura no Centro de Curitiba. A unidade é uma extensão do Centro de Orientação e Aconselhamento (COA), no bairro São Francisco, que atende casos de doenças sexualmente transmissíveis pela rede municipal de saúde.

+ Leia mais: Vereadores aprovam projeto de lei da prefeitura que tira benefício de servidores

A nova clínica vai funcionar das 7h às 22h de terça a sexta-feira. Os pacientes alvo são homens, incluindo o público homossexual. A e-COA vai oferecer diagnóstico com testagem rápida de HIV/Aids, hepatites B e C, clamídia, gonorreia, sífilis, entre outras infecções. A clínica também vai oferecer o início do tratamento para Aids e encaminhamento para o acompanhamento em outras unidades de saúde.

Outro diferencial da clínica é que além do exame de HIV na própria clínica, o paciente também pode solicitar o autoteste pela internet, no site www.ahoraeagora.org e retirar o material para o exame de forma discreta, pegando o kit em um armário de autoatendimento na própria clínica.

+ Leia também: Calor se espalha pelo Paraná e ‘caldeirão’ de Antonina chega a 50ºC

A e-COA é resultado de uma cooperação entre a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, da sigla em inglês), em parceria com o Ministério da Saúde e Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba (SMS). A Clínica e-COA fica na Rua Brigadeiro Franco, 1.300, Centro. O horário de atendimento é das 17h às 22 horas, de terça à sexta-feira.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Pra economizar, governo do Paraná troca carros oficiais por app de transporte