Já em quarentena nesta quarta-feira (1º), após adotar as medidas restritivas do novo decreto estadual de combate à covid-19, Curitiba iniciou o mês de julho com mais quatro mortes e 345 novos casos confirmados de novo coronavírus. Segundo o boletim epidemiológico municipal, divulgado nesta tarde, a capital soma 152 óbitos e 5.523 pessoas infectadas com o vírus, desde o início da pandemia na cidade, em 11 de março. A taxa de ocupação dos leitos de UTI exclusivos para covid-19 na rede pública de Curitiba é de 78% atualmente.

LEIA MAIS – Greca garante que Curitiba tem estoque de remédios pra internamentos de covid-19

Ainda de acordo com o informe, 2.842 curitibanos e moradores da cidade já passaram pela fase de transmissão da doença, cumpriram o isolamento domiciliar de 14 dias e são considerados recuperados.

Novas mortes

Mais quatro pessoas não resistiram às complicações provocadas pelo novo coronavírus e faleceram em Curitiba. São elas, duas mulheres e dois homens, com idades entre 53 e 81 anos. Conforme a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), todas estavam internadas e com a doença já confirmada.

LEIA TAMBÉM – “Se decreto não surtir efeito, podemos ter lockdown”, diz secretário de Saúde do Paraná

As novas mortes ocorreram nos dias 27, 29 e 30 de junho e além da covid-19, os pacientes tinham doenças crônicas graves, como diabetes e hipertensão. Na cidade, além das 152 mortes já confirmadas, cinco óbitos ainda são investigados.

Em leitos de UTI e enfermaria

De acordo com SMS, 382 pacientes com diagnóstico de covid-19 estão internados hoje, em hospitais públicos e particulares da capital. Deste total, 131 ocupam leitos em unidades de terapia intensiva (UTI). Entre os hospitalizados também estão algumas das 544 pessoas que apresentam sintomas suspeitos da doença e que ainda aguardam o resultado dos exames. Vão para os leitos exclusivos para covid-19 os pacientes com suspeita ou com a confirmação de contaminação com o coronavírus.

VIU ESSA? Ônibus de Curitiba só circularão com passageiros sentados por 14 dias

Na transmissão do boletim desta quarta-feira, a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak, também informou que Curitiba ampliou a oferta de leitos para covid-19, ativando mais 25 leitos de UTI e 18 de enfermaria, desde o último sábado (27). Com estas ativações, Curitiba chega a 248 leitos de UTI na rede SUS.

“Sábado nós ativamos mais 13 leitos de UTI e 13 leitos clínicos. Ontem (30) nós ativamos mais cinco leitos de UTI e hoje (1º) mais sete leitos. Então, nós ampliamos mais 25 leitos desde sábado para cá. Nós estamos hoje com 248 leitos ativos de UTI e ativamos mais 18 leitos clínicos nos hospitais. Neste conjunto, nós estamos com 302 leitos clínicos exclusivos covid-19, para atender casos suspeitos ou confirmados da doença covid-19, em Curitiba”, explicou Márcia.

BOLETIM SOBRE O CORONAVÍRUS ⚠

BOLETIM SOBRE O CORONAVÍRUS ⚠ Acompanhe ao vivo o boletim de informações sobre o coronavírus com a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak e a médica infectologista Marion Burger. Tradução em Libras por Sônia de Paula.

Posted by Prefeitura de Curitiba on Wednesday, July 1, 2020

Coronavírus no Brasil


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?