Nesta terça-feira (23), Curitiba alcançou novamente mais um novo recorde de mortes em um único boletim. Mais 45 óbitos e 822 novos casos de coronavírus foram registrados, de acordo com o boletim da Secretaria Municipal da Saúde.

Com UTIs SUS exclusivas para pacientes com covid-19 lotadas, a situação da pandemia em Curitiba segue crítica. A Secretaria Municipal da Saúde ativou mais 11 leitos, sendo seis em UTI. Mesmo assim, a taxa de ocupação dos 492 leitos de UTI está em 102%.

LEIA TAMBÉMParaná passa 15 mil mortes por covid-19 e 800 mil infectados na pandemia

Entre os leitos clínicos, de enfermaria, a taxa de ocupação nesta terça-feira é de 95% do total de 874 leitos. Apenas 46 seguem livres.

Das mortes registradas nesta terça, 38 dos óbitos ocorreram nas últimas 48 horas. As novas vítimas são 26 homens e 19 mulheres, com idades entre 25 e 88 anos. Todas as vítimas receberam assistência hospitalar. Três delas não tinham fator de risco para complicações da doença.

Até agora são 3.581 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia. Com os novos casos confirmados, 166.314 moradores de Curitiba testaram positivo para a covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 149.273 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença.

São 13.460 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus.

Números da covid-19 em 23 de março

822 novos casos confirmados
45 novos óbitos (38 nas últimas 48h)

Números totais

Confirmados – 166.314
Casos ativos – 13.460
Recuperados – 149.273 
Óbitos – 3.581