João Camargo, de 46 anos, tinha uma viagem combinada com uma amiga. Eles iriam para o litoral do Paraná. Mas, na manhã desta segunda-feira (25), no horário definido, ele não apareceu e a amiga teve um grande susto ao procurar pelo homem em casa: ele estava morto.

Ao chegar na casa do homem, na Rua Alto Paraíba, no Jardim Tropical, em Piraquara, quase na divisa com Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba (RMC), percebeu que o portão estava sem o cadeado. Com a porta entreaberta, ela resolveu entrar.

João estava morto dentro da casa. Na cabeça, muito sangue. Imediatamente, a mulher chamou a Polícia Militar, que constatou que ele foi assassinado a tiros.

O motivo do crime não foi levantado pelos policiais no local, isso porque, segundo a amiga que desceria com ele para o litoral, João não tinha inimizades e nem se envolvia em crimes. O que se sabe, é que ele teria o último emprego como pintor. O assassinato é investigado pela Delegacia de Piraquara.