A balança posicionada em cima do balcão da mercearia salvou a vida do comerciante Valdomiro Moura Pinheiro, 63 anos. Ele foi atingido por um tiro no pescoço dentro do estabelecimento, pouco antes das 20h desta segunda-feira (21). Porém, a bala acertou primeiro o equipamento, e teve a força diminuída antes de perfurar a corpo da vítima.

O pequeno comércio fica na Rua Ricardo Gasparian Machado, no Pinheirinho. O idoso estava atendendo alguns clientes quando um grupo de adolescentes, conhecidos por traficar drogas na região, iniciou uma briga na rua.

Segundo a polícia, dois irmãos estavam mais exaltados e um deles sacou uma arma e fez vários disparos contra o outro, que correu para dentro da mercearia. Todos se abaixaram, mas Valdomiro não teve tempo.  Um dos projéteis atravessou a balança e acertou o comerciante, que não tinha nada a ver com a confusão. Os responsáveis desapareceram rapidamente.
“Apesar de estar consciente, o caso era grave porque o tiro acertou uma região delicada, perto da coluna. Ele reclamava de dores nas costas e na barriga. Isso nos preocupou, pois não dava para saber o caminho da bala”, explicou o cabo Razera dos Bombeiros.

Para o socorrista, se o tiro não tivesse acertado a balança, as consequências seriam piores. “Diminuiu bastante a força do projétil, por isso conseguimos socorrer a vítima com vida”, comentou. Valdomiro foi encaminhado ao Hospital do Trabalhador, Portão. A Polícia Militar fez rondas nas proximidades da mercearia, mas até às 22h nenhum suspeito tinha sido capturado.