Impactados pelas medidas restritivas de prevenção à covid-19, com períodos de bandeira vermelha e portas fechadas, comerciantes de Curitiba solicitam agora a antecipação do feriado municipal de Nossa Senhora da Luz, de 8 de setembro, para que possam abrir as lojas nesta data. O pedido foi feito pela Associação Comercial do Paraná (ACP) à Prefeitura de Curitiba, com ofício enviado ao prefeito Rafael Greca.

LEIA TAMBÉM:

ATUALIZAÇÃO: Prefeitura de Curitiba nega antecipação do feriado de 8 de setembro. Entenda por que

De acordo com a ACP, a proposta é antecipar a folga para a segunda-feira (6), um dia antes do feriado nacional de 7 de setembro. “Depois de mais de ano e meio de pandemia, muitos fechamentos e grandes prejuízos, seria uma medida muito bem-vinda para o comércio”, justifica o presidente Camilo Turmina.

No entendimento da entidade, com o feriado de 7 de setembro, a segunda-feira já ficará esvaziada entre o fim de semana e as duas datas seguintes de fechamento. “Assim reduziríamos um pouco o tamanho do feriadão e todos voltariam ao trabalho na quarta-feira. O momento ainda é muito crítico para as pequenas e médias empresas, sendo certo que um dia a mais de vendas significa uma parte considerável e necessária para o fechamento das contas ”, reforçou Turmina, no documento.

> PRF retém avião Boeing que saiu de São José dos Pinhais em dois caminhões

> Moradores de Curitiba têm que encarar ladeira e 1 km de caminhada pra pegar o busão

Em resposta ao pedido enviado, a prefeitura disse em nota que não há como alterar a data, por se tratar de um recesso religioso municipal. “A questão do funcionamento do comércio em um feriado depende de um acordo coletivo de trabalho, entre empregadores e empregados, um ato que não cabe ao poder público municipal interferir”, revela.

Web Stories

Gigante!!

Nova Havan será quatro vezes maior que a loja que será abandonada em Curitiba

Você sabia?

Cinco curiosidades sobre Curitiba que nem o curitibano raiz vai saber dizer!

Malhação Sonhos

Nat impede que Duca enfrente Lobão

Lindas!

Cinco árvores exóticas e raras de Curitiba