A velha desculpa que não tem espaço para cultivar uma horta em casa já é coisa do passado. Com a pandemia da Covid-19, muitas pessoas ficaram mais tempo em casa e aproveitaram para fazer a sua própria “feira”. Opções como alface, rabanete, morango, tomate cereja, cebolinha, espinafre, pimentões e pimentas estão cada vez mais frequentes nas sacadas de condomínios ou mesmo no quintal dos curitibanos.

Uma horta em casa faz bem para a cabeça e também para o bolso, sem citar o lado saudável de uma alimentação sem veneno. O trato com a terra, o plantio e a própria espera do alimento trazem inúmeros benefícios para quem inicia na lavoura e qualquer espaço é bem-vindo.

Paulo Hidalgo, coordenador estadual de Olericultura do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná-Iapar-Emater (IDR-PR), relata que o interessado precisa ter em mente que a principal condição é ter uma boa luminosidade para que o cultivo cresça. “Estamos em um mundo de apartamento e precisa ter sol. Arrume terra vegetal e não abuse da água. Choveu, não regue. Não deixe na sombra, pois o que faz a produção é o sol. Em pequenos espaços como em sacadas, a salsinha e a cebolinha são perfeitos”, disse Paulo Hidalgo.

+Leia mais! Litoral do PR “sonha” com a ponte de Guaratuba, nova orla de Matinhos e obras prometidas por Ratinho Jr.

De acordo com o especialista, alguns produtos são mais recomendados para quem reside em apartamento ou que possui em pequeno espaço em um jardim (veja lista abaixo). “Não tenha receio de começar, pois é simples. Uma dica legal é unir as hortaliças com flores. Vai ficar lindo”, reforçou o coordenador.

Alface, cebolinha e salsinha são os campeões

Em floriculturas ou mesmo em lojas agropecuárias, a procura por sementes ou mudas cresceu mais de 50% na pandemia da covid-19. Com receio de ir comprar, as pessoas começaram a plantar dentro de casa. Samuel Bini, proprietário da Orquiflores, estabelecimento localizado no bairro Bacacheri, reforça que os clientes seguem buscando alternativas para o plantio. “Ano passado vendia o dobro em relação a 2021, mas segue saindo bem. Alface, cebolinha e salsinha são os campeões e tem ainda o jiló, pimenta, pimentão, pepino e outros produtos. O valor para o cliente é de R$ 3 a dúzia e isso ajuda também”, comentou Samuel.

"Procura por sementes ou mudas cresceu mais de 50% na pandemia da covid-19", disse Samuel Bini, proprietário de uma floricultura no Bacacheri, em Curitiba.
“Procura por sementes ou mudas cresceu mais de 50% na pandemia da covid-19”, disse Samuel Bini, proprietário de uma floricultura no Bacacheri, em Curitiba. Foto: Gerson Klaina/Tribuna do Paraná.

Dicas de hortaliças

O coordenador do Emater sugeriu alguns cultivos que não irão dar trabalho e dicas. “O tomate cereja dá em todos os espaços. Importante definir que isso venha a ser um hobby e que fará um bem demais para a pessoa”, valorizou Paulo.

+Leia mais! Corpo de Amanda Albach é enterrado na RMC; Jovem foi obrigada a gravar mensagem antes de ser morta

Cebolinha

Foto: Gerson Klaina/Tribuna do Paraná.

Seu cultivo, normalmente, é feito por meio de mudas. As cebolinhas crescem em quintais, jardins, jarros ou hortas verticais. Quando plantadas em canteiros, as mudas devem ser plantadas distantes 7 cm uma da outra e, em fileiras, distantes 40 cm. Um dos segredos é o corte, que deve ser de aproximadamente 5 cm acima das raízes e plante. Quando em vaso não precisa ser grande já que a cebolinha não cria raízes muito profundas.

Corte a cebolinha sempre na base, isso evitará o secamento das hastes e uma brotação mais sadia.

Alface

É uma verdura que tem bom desenvolvimento em casa, cresce rapidamente e se adaptam perfeitamente aos diversos meios de plantio, jardins, jarros e hortas verticais.

Pode-se plantar as sementes diretamente no solo, colocar 3 sementes e, quando estiverem com 5 a 8 cm, deixe apenas uma planta.

Uma opção é coletar apenas as folhas de que se vai consumir. Desta forma, a planta vai durar muito mais tempo. Após retirada as folhas podem-se também cortar e plantar o talo.

+Leia mais! Terceira dose contra a covid pode ter efeitos colaterais. Saiba quais são

Rabanetes

Plantar rabanetes em casa também é muito simples. As sementes são semeadas diretamente no solo. O espaçamento entre plantas deve ser de 10 cm entre linhas e 5 cm entre plantas.

Morangos

As plantas de morango podem ser consumidas diretamente da planta. Ponha uma planta de morango por vaso ou no canteiro separada 30 a 40 cm. Quando apareceram brotos de 5 cm ou mais, podem ser transplantados para que se enraíze e reproduza novas plantas.

Tomate cereja

Os tomates desta variedade crescem em todos os ambientes. Quando a planta crescer e começar a frutificar, é recomendado amarrar os galhos em um tutor para que não se quebrem devido ao peso.

+Viu essa? Litoral do PR “sonha” com a ponte de Guaratuba, nova orla de Matinhos e obras prometidas por Ratinho Jr.

Pimentas e Pimentões

Retire as dementes dos frutos ou adquira as sementes comercializadas em casas do ramo. Após plantadas as sementes, a germinação ocorrerá de 10 a 15 dias após o plantio e as mudinhas devem ser transplantadas para o lugar definitivo quando apresentarem cerca de 6 folhas, de 40 a 60 dias após a semeadura.

NÃO ESQUEÇA!

Lembre da luz e água. As hortaliças necessitam de luz solar direta ao menos por algumas horas diariamente e precisam ser irrigadas com frequência para que o solo seja mantido úmido, mas sem que fique encharcado.

Web Stories

Estreias da semana

Final de La Casa de Papel chega nesta sexta na Netflix, confira lista!

Você sabia?

Conheça 7 curiosidades sobre o Oil Man

Cuidado

O Cravo e a Rosa volta dia 06 de dezembro; conheça curiosidades sobre a novela

Malhação Sonhos

Duca afirma a Gael que Cobra lutou de verdade