A Câmara dos Vereadores de Curitiba lança nesta quinta-feira (12) um concurso chamado “Talento Urbanístico Jovem“. O objetivo é encontrar um projeto arquitetônico ideal para a ponte de madeira do Parque Tingui, apontada como “de regular para ruim” em relatório divulgado no final do ano passado.

Organizado pela Comissão Especial para Avaliação de Pontes e Viadutos, o concurso é voltado apenas a estudantes matriculados em cursos de Arquitetura de nível superior, reconhecidos ou autorizados pelo MEC (Ministério da Educação). As inscrições poderão ser feitas pelo site.

+ Leia mais: Hospital registra dois primeiros casos de coronavírus em Curitiba

A participação no concurso pode ser individual ou em grupo (com no máximo cinco integrantes). Não há taxa de inscrição e cada universitário pode participar uma única vez do processo. É preciso anexar o comprovante de matrícula no formulário de inscrição, tanto para quem vai concorrer sozinho como para cada um dos membros do grupo que se inscrever.

O prazo para inscrições e entrega de projetos termina dia 30 de março. Pelo edital, a ponte deve ter, no mínimo, 16 metros; deve respeitar as vias de automóvel, pedestre e ciclovia; e ter guarda corpo em ambos os lados. O projeto deve observar, obrigatoriamente, a relação urbana e comprometimento com sítio de implantação e sustentabilidade. São quatro os critérios de seleção: apresentação, integração com o entorno, solução funcional e design.

A Comissão Especial de Pontes e Viadutos, com apoio técnico, é quem vai escolher o projeto vencedor. A premiação, que será anunciada no dia 2 de abril, será um troféu e voto de congratulações e aplausos. Todos os participantes do “Talento Urbanístico” receberão 30 horas complementares emitidas pela CMC.