Os reparos após o rompimento de uma galeria pluvial na Avenida Lothário Meissner na pista em direção ao Cristo Rei, ao lado do Jardim Botânico, em Curitiba, geraram ao menos nove quilômetros de congestionamento entre na BR-277 na manhã desta segunda-feira (3). Por volta das 9h30, o fluxo era intenso por pelo menos três quilômetros.

Motoristas que seguiam sentido Curitiba pela rodovia enfrentavam congestionamento bem antes do viaduto da rodovia em cima da Linha Verde. A lentidão chegou ao Parque dos Peladeiros.

Agentes da Setran orientavam os motoristas no local. A pista sentido Curitiba foi completamente interditada e os veículos foram desviados pela faixa que era sentido São José dos Pinhais.

Os reparos foram concluídos e a pista liberada por volta das 15h30 desta segunda-feira, de acordo com informações da Setran.

Foto: Felipe Rosa/Tribuna do Paraná.
Trânsito está sendo desviado por conta da obra na pista sentido Curitiba. Foto Felipe Rosa/Tribuna do Paraná.

Estação-tubo fechada!

Com o desvio, a estação-tubo Jardim Botânico precisou ser bloqueada. Passageiros tiveram problemas, já que o embarque teve de ser feito nas estações anteriores dos dois sentidos.

A estação também foi liberada aos passageiros e voltou a funcionar normalmente na tarde desta segunda-feira, após o conserto da pista e da galeria de águas pluviais.

Por que estourou?

A justificativa da prefeitura é de que “o excesso de chuvas fez romper a tubulação da galeria de águas pluviais no trecho da avenida defronte ao Velódromo”.

+Leia mais! Após dias de chuva, Curitiba tem virada no tempo. Frio está chegando!

Fuja dos congestionamentos, confira como está o trânsito em Curitiba

Acompanhe o trânsito pelo Twitter

 

Chuva dá trégua e primeira semana de junho será fria e seca em Curitiba