A secretária de Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak, alertou as famílias com relação ao contágio entre familiares por covid-19, o coronavírus. No boletim desta sexta-feira (06), a capital chegou aos 1.237 casos positivos para covid-19 e 54 óbitos em decorrência de complicações provocadas pela doença. “Abraçar a vovó não pode, ver só a três metros de distância e com máscara”, alertou a secretária.

+Leia mais! ACP propõe para Urbs implantar vale-transporte com tempo limitado para lojistas

Segundo Huçulak, não adianta os idosos da família ficarem isolados se os demais integrantes seguem frequentando a casa rotineiramente e, consequentemente, trazendo os perigos de fora. “Vai um alerta. Temos várias situações de idosos internados ou que entraram em óbito que estavam em isolamento, mas que tiveram um neto ou filho que fez a visita”, explicou.

+Viu essa? Casal investigado por aliciar crianças tem computadores apreendidos pela polícia em Curitiba

Segundo ela, o contato não está proibido, mas deve ser feito por telefone ou vídeo chamada, se posível. “Se precisar ver a pessoa, vá de máscara e fique a três metros de distância. Não pode abraçar a vovozinha. Estamos falando isto de vários casos que estamos observando”, alertou.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?