Um homem foi encontrado morto dentro de um carro no final da Rua Lilian de Carvalho Neme Kenski, próximo ao cruzamento com a Rua Rosy de Carvalho Neme, no Jardim Icaraí, em Piraquara, região metropolitana de Curitiba, nesta terça-feira (13). O corpo foi encontrado por um policial de folga que passou pelo local, por volta das 21h40, estranhou o Renault Megane abandonado e viu o corpo lá dentro. O homem, de aproximadamente 30 anos, foi morto com seis tiros.

Segundo um morador, o carro foi visto durante a tarde, por volta das 16h30, mas como é costume algumas pessoas utilizarem o local ermo para namorar, não estranharam. O homem estava morto no banco de trás do veículo, que estava parado bem no final da rua, que é sem saída.

De acordo com a perícia do Instituto de Criminalística, a suspeita é de que o homem não foi morto no local, já que nenhum morador ouviu tiros e no local não havia indícios de que o crime teria acontecido ali. O homem foi atingido por três tiros nas costas, dois na barriga e um no pescoço. Ele também tinha um ferimento no olho esquerdo que pode ser de agressão ou de um sétimo tiro na cabeça.

O Megane, segundo a Polícia Militar, estava em nome de uma mulher, que deve ser procurada pela polícia para prestar esclarecimentos. O homem estava sem nenhum documento e o corpo dele aguarda a identificação no Instituto Médico Legal de Curitiba. O carro foi encaminhado ao pátio da Delegacia de Piraquara, responsável pela investigação do crime, que por enquanto é um mistério.

O homem estava morto no banco de trás do veículo, no final da rua. (Lineu Filho)