A primeira-dama de Curitiba Margarita Sansone recebeu alta do Hospital Nossa Senhora das Graças, no bairro Mercês, onde estava internada para tratamento de covid-19 há oito dias.

Ela e o prefeito de Curitiba, Rafael Greca (DEM), candidato a reeleição, foram internados com coronavírus no dia 27 de setembro. O prefeito, entretanto, teve recuperação mais rápida, recebendo alta quatro dias após ser internado.

LEIA MAIS – Testes com vacina russa no Paraná não têm previsão de início após atraso em protocolo

Por causa da pneumonia, Margarita chegou a precisar de oxigênio via nasal, mas em nenhum momento o quadro da primeira-dama chegou a ficar grave. “Margarita já está em casa comigo. Ambos completamente recuperados. #DeusSejaLouvado Agradecemos às valorosas equipes do SUS Curitibano e do renomado médico infectologista Doutor Clóvis Arns da Cunha o preciso tratamento reparador”, postou o prefeito em sua conta no Facebook, referindo-se ao médico que tratou o casal, que é presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia.