O Comitê de Enfrentamento da Pandemia da prefeitura se reúne na tarde dessa quarta-feira (15) para avaliar o quadro epidemiológico da covid-19 em Curitiba. A capital seguirá na bandeira amarela, de alerta, porém, será avaliada a possibilidade de flexibilização de mais atividades conforme os índices de contaminação, mortes e, principalmente, ocupação dos leitos exclusivos do coronavírus.

+Leia mais! Precisando abastecer? Veja os menores preços de gasolina e etanol em Curitiba

A medição mais recente indica que a taxa RT, que mede a transmissão do coronavírus, segue abaixo de 1 em Curitiba, quadro considerado de desaceleração da pandemia. O índice de quarta-feira passada é de 0,84, ou seja, um grupo de 100 pessoas pode transmitir a doença a outras 84. O índice anterior estava em 0,86.

O número de casos ativos também vem caindo, mas ainda segue muito alto, com 6.397 pessoas infectadas terça-feira (14). Sábado (11), Curitiba voltou à ficar abaixo de 7 mil pessoas infectadas capazes de transmitir o vírus, com 6.958 casos ativos. Há quase um mês, desde 16 de agosto, a capital não tinha menos de 7 mil casos ativos. A média móvel de casos ativos nos últimos sete dias caiu 20,1%.

+Viu essa? Paraná acaba com toque de recolher e libera eventos para até mil pessoas

Já os novos casos diários caíram para menos de 400 no boletim epidemiológico de terça-feira, com 345 registros. A média móvel dos últimos sete dias ficou em 461 casos, queda de 40,2%. A média móvel de mortes por Covid-19 também caiu no boletim de terça, ficando em 12 óbitos em sete dias. A redução foi de 27,7%.

Nessa semana, Curitiba ultrapassou a marca de mais da metade da população adulta já completamente imunizada da Covid-19. Até a tarde de segunda-feira (13), 749.915 pessoas já estavam vacinadas com duas doses ou com o imunizante de dose única, totalizando 51% dos curitibanos acima dos 18 anos.

LEIA TAMBÉM:

>> Variante delta causa morte de criança de cinco anos e mais 37 pessoas no Paraná

>> No Paraná, 726 mil adultos ainda não tomaram a vacina contra a covid-19

Ainda terça-feira, o governo do Paraná anunciou o fim do toque de recolher e a liberação de eventos com até mil pessoas em todo o estado diante da melhoria do quadro epidemiológico. O decreto estadual será reavaliado dia 1º de outubro.

Web Stories

Símbolos!

Capivaras e seus casos inusitados em Curitiba!

Mudança!

Frente fria avança e promete mudar o tempo em Curitiba

Estreia da semana

Conheça o novo suspense do Prime Video: “The Voyeurs”

Malhação Sonhos

Dandara revela que está grávida