Curitiba bateu o recorde de vacinados em um dia contra a covid-19, neste sábado (21). Foram 45.611 vacinas aplicadas em moradores da cidade que nasceram no segundo semestre de 1996 e em todos os meses de 1997 e 1998. Também foram atendidas gestantes e puérperas (que deram à luz até 45 dias atrás).

O grande mutirão se estendeu das 8h às 20h e mobilizou profissionais da saúde em 43 pontos de vacinação na capital.

+ Leia mais: Quase metade das cidades do Paraná não registram mortes por covid-19 há um mês

O recorde anterior havia sido registrado no dia 7 de agosto, também um sábado. Naquele dia foram imunizadas com a primeira dose 34.146 pessoas nascidas em 1991 e mais aquelas que aderiram à repescagem de seu ano de nascimento.

Ritmo acelerado

Nesta segunda-feira (23), a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) antecipa a segunda dose das vacinas da Astrazeneca e da Pfizer para as pessoas com 57 anos ou mais que receberam a primeira aplicação em 9 de junho e para as de 56 anos ou mais vacinadas em 10 de junho.

+ Veja também: Refrigerante Cini relança sabor queridinho dos curitibanos após 25 anos. Sabe qual é?

Os grupos estão sendo convocados por mensagem pelo aplicativo Saúde Já, que deverá ser apresentada na hora da vacinação.

A estimativa é que 57,5 mil pessoas finalizem o esquema vacinal recebendo a segunda dose nesta segunda-feira. Serão 13,6 mil pessoas que terão a segunda dose antecipada e outras 43,9 mil que seguirão o cronograma planejado.