>>>>Atualização!!! Bandeira vermelha entra em vigor em Curitiba após colapso na saúde. Veja como vai ser!

Curitiba pode divulgar, nesta sexta-feira (28), uma possível troca da bandeira, de Laranja para Vermelha, de alerta máximo contra a pandemia de covid-19. A decisão foi tomada na noite desta quinta-feira, após uma longa reunião online com cerca de 50 representantes da sociedade civil que tinha como foco a situação crítica da pandemia em Curitiba. O decreto atual, de bandeira Laranja, vence nesta sexta-feira após uma prorrogação de emergência e a definição se a cidade muda de bandeira ou não deve sair ainda nesta sexta-feira.

+Leia mais! Márcia Huçulak desabafa sobre pandemia em Curitiba: “Queria estar muito longe daqui”

Quem estava presente na reunião era a vereadora Noêmia Rocha, presidente da Comissão de Saúde, Bem-Estar Social e Esportes da Câmara de Vereadores. Segundo ela, no encontro foi apresentado algo comparado com o pior cenário da pandemia na capital. “Recebemos o relato do pior cenário da pandemia em Curitiba. Faltam leitos, medicamentos, médicos já estão dizendo que estão decidindo quem deve ser entubado ou não”, adiantou a vereadora Noêmia Rocha em entrevista ao Boa Noite Paraná, na RPC, nesta quinta-feira (27).

A situação é bastante crítica em Curitiba. Segundo boletim desta quinta-feira, a taxa de ocupação dos 539 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 está em 106%. Só nesta quinta-feira, foram 987 novos casos de covid-19 e 25 óbitos de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus. Vinte e um destes óbitos ocorreram nas últimas 48 horas.