Curitiba é a segunda capital do país com maior aumento do preço da cesta básica no mês de março. De acordo com o levantamento mensal divulgado pelo Dieese nesta quarta-feira (6), apenas o Rio de Janeiro registrou elevação do conjunto de itens acima do apresentado pela capital paranaense.

No Rio, o acréscimo foi de 7,65%, enquanto em Curitiba esse índice ficou em 7,46%. A terceira maior alta é da capital paulista: 6,36%. No acumulado do ano de 2022, Curitiba é a terceira colocada desse ranking, com 11,64%. Brasília teve aumento de 13,37%; a cidade fluminense, 12,68%.

Qual é o vilão do consumidor em Curitiba?

Entre os aumentos apontados pelo Dieese, o do tomate é o que mais impressiona em março em Curitiba. O quilo do produto subiu 57,73% na capital paranaense. É a maior elevação entre as capitais – houve alta em 16 delas, causada principalmente pelo fim da safra de verão. Entre as cidades observadas, Curitiba também registrou a terceira maior inflação do preço da manteiga (3,83%) e a quarta do leite integral (8,73%).

Pantanal

Juma atira nos pés de Jove

Loterias

Veja o resultado das loterias desta terça-feira!

Inverno Chegou

Veja como será o primeiro dia de inverno em Curitiba

Além da Ilusão

Lorenzo declara seu amor por Letícia