A última semana do mês de setembro começou nesta segunda-feira (28) com chuva e alerta de temporal em Curitiba. A chuva começou a cair ainda na noite de domingo (27) e o temporal com granizo e ventos fortes causou estragos, após ser registrado o dia mais quente do ano na capital, com 33,5°C. Domingo, 179 mil imóveis ficaram sem luz no Paraná – até as 8h desta segunda, 62 mil imóveis seguiam sem energia elétrica. Quando a chuva der um tempo na tarde desta segunda, o calor vai chegar: a máxima prevista pra tarde é de 28°C.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Curitiba está sob alerta laranja de tempestade: há possibilidade de chuva com ventos fortes, entre 60 km/h e 100 km/h, além de granizo. Ao longo de todo o dia há previsão de pancadas, porém em termos de volume de água, a chuva desta segunda não deve ser significativa a ponto de aumentar o nível dos reservatórios de água que abastecem Curitiba e região metropolitana. A crise hídrica é tão pesada que a Sanepar já estuda a possibilidade de endurecer ainda mais o rodízio se o nível das barragens chegarem a apenas 25%.

Por volta das 10h da manhã, as rajadas de vento chegaram a 58 km/h, segundo o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), atingindo principalmente a região norte da cidade. Em cinco horas foram 18mm de chuva, de acordo com informações do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden).

LEIA MAIS – Sem máscara e distanciamento, curitibanos lotam parques e praças neste domingo

E os ventos contribuíram para a queda de árvores e galhos grandes. Até o início da tarde desta segunda-feira, segundo o boletim da Defesa Civil de Curitiba, foram 34 os registros para retirada de árvores pela Central 156 de Atendimento ao Cidadão e 73 ocorrências de distribuição de lona para atender destelhamentos provocados pela chuva com vento. De acordo com a Defesa Civil, a maioria das ocorrências se concentra na região norte de Curitiba. Mas não há desabrigados, desalojados ou feridos.

No acumulado, desde a noite de domingo (27) foram feitas 138 solicitações para a retirada de árvores ou galhos grandes que caíram e 128 os registros para fornecimento de lona após as chuvas com ventos em Curitiba.

Previsão do tempo

Ainda segundo o Simepar, a segunda-feira (28) começa com um tempo instável e com muitas nuvens. A chuva não deve ultrapassar 29 mm, considerada moderada pelos meteorologistas. Após a chuva, o sol vai voltar a aparecer e a temperatura sobe rapidamente. A máxima deve alcançar 28°C no período da tarde.

À noite, a previsão é de que a chuva volte a Curitiba e região metropolitana. Segundo o Simepar, novas pancadas de chuva devem cair.

No litoral, a chuva também aparece, mas de maneira ainda mais tímida até para refrescar o dia. Em Morretes, está prevista uma temperatura próxima de 31°C. Já no interior do Paraná, a tendência é termos um tempo semelhante ao da capital. Em Foz do Iguaçu, na região oeste, chuva pela manhã e sol no período da tarde. A máxima na terra das Cataratas deve bater 26°C. Boa semana!