Após um longo período de dias ensolarados e sem chuva, o tempo promete mudar nesta segunda-feira (06) em Curitiba e grande parte do Paraná. A capital e o restante do estado, inclusive, estão sob alerta laranja de temporal, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O alerta vale até às 23h.

+Leia mais! Como fazer máscara de tecido: 3 modelos simples pra se proteger do coronavírus

Em Curitiba a chuva pode chegar a partir das 16h e deve seguir ao longo da noite. “O tempo muda rapidamente no sul do país, com nova onda de instabilidade a partir do Rio Grande do Sul e destaque para a faixa oeste dos estados do sul. Neste setor instabilidade com chuva forte, trovoadas (raios) e condição para rajadas de ventos moderados a fortes”, disse o meteorologista Fernando Mendes, do Simepar. As temperaturas ficam entre 13 e 29 graus nesta segunda-feira.

A razão para a mudança no tempo é o avanço de uma área de instabilidade sobre o continente que chega junto com uma frente fria.

Para esta terça-feira (07), segundo o Simepar, o tempo em Curitiba fica sem chuva e com temperaturas entre os 15 e 23 graus.

+Viu essa? Rodízio deixa 41 bairros de Curitiba e região sem água nesta semana

O que é alerta laranja de temporal?

O alerta laranja emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia engloba chuva entre 30 e 60 mm/h, ventos intensos (60-100 Km/h) e queda de granizo. Há ainda risco de corte de energia elétrica queda de árvores e de alagamentos.

Os alertar são divididos em uma escala de cores que vai do Verde, o mais fraco, amarelo, laranja e vermelho, o mais grave.

O que fazer em caso de temporal?

Quem precisar comunicar a prefeitura de Curitiba sobre a queda de árvores deve utilizar o telefone 156 da Central de Atendimento ao Cidadão ou pelo site. O atendimento acontece por ordem de chamada e também de acordo com a gravidade da situação relatada.

A orientação da Defesa Civil é de evitar sair de casa durante uma tempestade. Se a pessoa estiver na rua, evitar se abrigar embaixo de árvores e de estruturas metálicas, uma vez que Curitiba tem registrado grande incidência de raios.

Outras situações decorrentes de chuvas ou temporais podem ser atendidas pelo Corpo de Bombeiros (193) e pela Copel.