Nesta quarta-feira (06), o condado de Miami-Dade, maior unidade administrativa do estado da Flórida, nos Estados Unidos, passou a ser a 16ª cidade-irmã de Curitiba e a quarta cidade estadunidense a assinar um acordo desta magnitude com a capital paranaense. Este foi o primeiro acordo de irmandade na atual gestão do prefeito Rafael Greca e o único nos últimos sete anos.

Como parte das negociações, as cidades concordaram em trabalhar pela retomada do voo direto Curitiba-Miami, interrompido em 2016. Além disto, discutem a instalação de um Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto em Curitiba, uma demanda postulada pela Prefeitura junto à Embaixada dos EUA no Brasil.

LEIA TAMBÉM:

>> Lula, Bolsonaro, Doria, Sergio Moro ou Ciro Gomes? Confira a última pesquisa

>> Semáforos com botoeiras inteligentes reduzem atropelamentos e salvam vidas em Curitiba

Na cerimônia, que ocorreu por videoconferência transmitida do Palácio Solar 29 de Março, o prefeito Rafael Greca agradeceu a prefeita de Miami, Daniella Levine Cava, pela oportunidade de aproximar as duas cidades e facilitar o intercâmbio nas mais diversas áreas de interesse mútuo.

“Com este acordo, a Prefeitura de Curitiba busca abrir oportunidades para que novos negócios se realizem e para que as duas cidades possam melhorar a qualidade de vida dos cidadãos. Essa é mais uma grande porta que se abre facilitando o relacionamento e ampliando oportunidades. Viva Curitiba e viva Miami”, disse Greca.

Daniella agradeceu a oportunidade da nova parceria. Ela é a primeira prefeita mulher do condado de Miami-Dade e supervisiona um governo metropolitano com mais de 28 mil funcionários e que atende cerca de 3 milhões de habitantes com orçamento anual de aproximadamente US$ 9 bilhões

“Nós aqui de Miami estamos muito honrados em nos tornamos cidade-irmã de uma capital que é exemplo para o Brasil e para o mundo, disse Daniella.

Para a cidade fazer esse tipo de acordo é necessária a aprovação da Câmara Municipal de Vereadores, o que já foi feito. O líder do prefeito na Câmara, vereador Pier Petruzziello, agradeceu a oportunidade de Curitiba poder apresentar soluções e programas para a comunidade de Miami.

“Esta é uma conquista para Curitiba e para toda comunidade brasileira que vive em Miami. Contem conosco e com a Prefeitura como parceiros estratégicos no Brasil, juntos vamos gerar negócios, atrair investimentos e promover o desenvolvimento de nossas comunidades”, disse Pier.

Miami-Dade

O condado de Miami-Dade tem uma grande comunidade de brasileiros e latinos, além de ser uma das cidades mais visitadas por turistas nos Estados Unidos, por causa do clima quente o ano inteiro e também por suas praias.

Com um PIB de US$ 146 bilhões, é o 14º maior condado do EUA, a segunda economia que mais cresce entre as grandes cidades estadunidenses e a segunda melhor região daquele país para fazer negócios. Miami também é um grande centro financeiro de referência para a América Latina e tradicionalmente recebe imigrantes procedentes de todo o continente.

“Miami é uma potência econômica nos Estados Unidos e no mundo. Uma parceria com este ator importante é uma oportunidade que não podemos desperdiçar, em especial neste momento de retomada pós-pandemia”, afirmou o assessor Especial de Relações Internacionais da Prefeitura de Curitiba, Rodolpho Zanin Feijó.

Além de Miami Curitiba já possui irmandade com outras 15 cidades: Montevidéu (Uruguai), Assunção (Paraguai), Guadalajara (México), Santa Cruz de la Sierra (Bolívia), Suwon (Coreia do Sul), Treviso (Itália), Akureyri (Islândia), Changzhou e Hangzhou (China), Coimbra (Portugal), Columbus, Jacksonville e Orlando (Estados Unidos), Cracóvia (Polônia) e Himeji (Japão).

Pantanal

Juma atira nos pés de Jove

Loterias

Veja o resultado das loterias desta terça-feira!

Inverno Chegou

Veja como será o primeiro dia de inverno em Curitiba

Além da Ilusão

Lorenzo declara seu amor por Letícia