Curitiba recebeu, nesta sexta-feira (16), 65.785 novas doses de vacinas contra a covid-19, sendo 41.175 de Astrazeneca, da Fiocruz, e 24.610 de Coronavac, do Instituto Butantan. Nessa nova remessa 45.865 doses são destinadas à primeira aplicação e 19.920 de Coronavac vieram especificamente para completar o esquema vacinal da segunda dose.

As doses direcionadas pelo Plano Nacional de Imunização (PNI) serão usadas para a aplicação da primeira dose, seguindo o calendário de vacinação já estabelecido pelo município.

LEIA TAMBÉM:

>> Paraná ultrapassa marca de 20 mil mortes por coronavírus desde o início da pandemia

>> Paraná distribui medicamentos dos kits de intubação para pacientes graves de covid-19

Para a primeira aplicação, vieram 43.195 destinadas a idosos e 2.670 para trabalhadores da saúde. Para as forças de segurança, os imunizantes ficaram reservados na Secretaria de Estado de Saúde, que enviará posteriormente as doses com a lista do público a ser atendido.  

Neste sábado (17), será feita a imunização de pessoas com 65 anos. O atendimento será nos 20 pontos de vacinação da cidade, sendo dois por drive-thru.

A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba alerta que não há necessidade de chegar antes dos horários de abertura dos postos. “Não há risco de os idosos desse grupo ficarem sem vacina”, diz a secretária Márcia Huçulak.

Outra solicitação é que apenas idosos com dificuldade de locomoção usem os drive-thrus do Pavilhão da Cura (Barigui) e o do Santuário Nossa Senhora do Carmo (Boqueirão). 

“Quem tem boa mobilidade deve procurar um ponto fixo e deixar o sistema de vacinação dentro do carro para quem realmente necessita desse serviço”, pede Márcia.

O que fazer para vacinar?

Para idosos não é necessário agendamento, mas a Secretaria Municipal da Saúde orienta que façam o cadastro na plataforma Saúde Já para agilizar a imunização. O cadastro pode ser feito pelo site www.saudeja.curitiba.pr.gov.br ou pelo aplicativo do celular (que pode ser baixado nas lojas virtuais para Android e iOS).

Outra recomendação é para que os idosos estejam acompanhados. Eles devem apresentar documento de identificação com foto, CPF e comprovante de residência com endereço de Curitiba para quem não tiver cadastro na plataforma Saúde Já.