A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba recebeu na manhã deste domingo (24) 20.380 doses da vacina produzida pela Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca e que chegaram da Índia no sábado (23). No Brasil, o imunizante contra o novo coronavírus está sob responsabilidade da Fiocruz, no Rio de Janeiro.

LEIA MAIS – Vacinas de Oxford chegam ao Paraná; 86,5 mil doses deve ser aplicadas a partir de segunda

Ao todo, o Paraná recebeu 86,5 mil doses da vacina, que chegaram ao Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na região metropolitana, pouco depois das 23 horas de sábado.

Nesta manhã, a prefeitura de Curitiba retirou sua parte no Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar) e as encaminhou para a Central de Vacinas do município. A partir desta segunda-feira (25) a SMS vai definir quem receberá as novas doses dentro do grupo previsto para a primeira fase no Plano Municipal de Imunização (PMI).

A vacinação contra a Covid-19 em Curitiba começou no dia 20 de janeiro depois que a cidade recebeu 23.160 doses da Coronavac, produzidas pelo Instituto Butantan, em São Paulo. Até sexta-feira (22) o número total de imunizados chegou a 3.046 moradores da capital. Foram vacinados profissionais de saúde, indígenas e parte dos funcionários, cuidadores e moradores das instituições de longa permanência.

LEIA MAIS – Vacinas contra covid-19 têm monitoramento 24 horas e escolta da polícia em Curitiba

Os grupos que já estão sendo vacinados na primeira fase são: os 250 profissionais da enfermagem que atuarão como vacinadores na campanha; os cerca de 6 mil moradores, funcionários e cuidadores das 127 instituições de longa permanência; 93 indígenas aldeados da aldeia Kakané-Porã, na Regional Tatuquara; os cerca de 12 mil profissionais de saúde da linha de frente da pandemia em toda a cidade; e as equipes das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), além de profissionais de serviços de remoção médica particulares. São cerca de 2,5 mil profissionais.

Com a chegada das novas doses neste domingo, o grupo poderá ser ampliado, segundo a SMS.