A oposição ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi pras ruas neste sábado (02), em Curitiba. As manifestações ocorreram na Praça Santos Andrade, no Centro, no período da tarde e início da noite. Segundo os organizadores, havia atos confirmados em 251 cidades brasileiras e em 16 países. A principal pauta das manifestações contra Bolsonaro será o impeachment do presidente.

+Leia mais! Final de semana com chuva em Curitiba. Alerta amarelo de temporal segue

Os protestos foram sendo organizados por centrais sindicais, movimentos sociais e partidos de esquerda e de centro. Nas redes sociais, políticos paranaenses estão pedindo a participação popular no evento. Roberto Requião (MDB), ex-governador do Paraná, convocou os simpatizantes para mostrar a insatisfação com o governo federal. “Falta emprego, empresas quebram. O petróleo não é mais brasileiro”, disse Requião que prometeu estar na manifestação.

A vereadora curitibana Carol Dartora (PT), pediu apoio nas redes sociais ao relatar a falta de emprego e mortes na pandemia da covid-19. “Queremos emprego, vacina para todos e auxílio emergencial de 600 reais. Não aceitamos privatizações, o alto preço da gasolina e do gás de cozinha, propina na compra da vacina. Já são 594 mil mortos. Centenas de milhares delas poderiam ser evitadas se a vacina não fosse ignorada”, escreveu Carol.

+Viu essa? Bolsonaro diz para críticos das armas darem ‘tiro de feijão’ quando a casa for invadida

As entidades alertaram para o uso de máscara, álcool em gel, bem como a importância do distanciamento social.

Web Stories

Descubra!

Intrigantes e bizarras! Mais cinco histórias curiosas sobre Curitiba

Você sabia?

Cinco curiosidades sobre Curitiba que nem o curitibano raiz sabe!

Novidade!

Loja da Xiaomi em Curitiba: conheça cinco produtos inusitados

Pra curtir!

Novas atrações turísticas de Curitiba! Partiu conhecer?