Nesta quarta-feira (29), Curitiba passou a marca de 1 milhão de pessoas com a imunização completa contra a covid-19, tendo recebido as duas doses da vacina ou a dose única (Janssen). Ao todo, são 1.003.914 curitibanos com o esquema vacinal completo.

Até o momento, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba imunizou 1.434.926 pessoas com a primeira dose ou a dose única (Janssen) da vacina anticovid. 

LEIA TAMBÉM:

>> Ministério da Saúde confirma terceira dose contra covid-19 pra quem tem mais de 60 anos

>> “Em um ano, seremos capazes de voltar à vida normal”, diz diretor da Pfizer

Ao todo, Curitiba já aplicou 2.420.751 unidades do imunizante, sendo 1.396.813 primeiras doses e 965.801 segundas doses; 38.113 doses únicas e 20.024 doses de reforço.

Vacinados com 18 anos ou mais

Entre a população com 18 anos ou mais, 1.390.201 curitibanos receberam a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus até esta quarta-feira (29/9). Destes, 1.003.874 completaram o esquema vacinal. 965.801 pessoas receberam a segunda dose da vacina e outras 38.113 pessoas receberam a vacina em dose única.

Ao todo, 98,7% da população de Curitiba acima de 18 anos já recebeu ao menos uma dose do imunizante e 69% dos curitibanos com 18 anos ou mais concluíram o esquema de imunização contra o novo coronavírus.

Adolescentes de 12 a 17 anos

A SMS concluiu nesta semana o chamamento para a vacinação contra a covid-19 dos adolescentes entre 12 e 17 anos com comorbidades ou deficiências. Até o momento, foram vacinados 6.612 curitibanos dessa faixa etária. Destes, 40 já receberam também a segunda dose, sendo do grupo de gestantes abaixo de 18 anos.

Doses recebidas

Até o momento, Curitiba recebeu do Ministério da Saúde, repassadas pelo Governo do Paraná, 2.684.888 doses de vacinas, sendo 1.505.938 para primeira dose, 1.116.695 para segunda dose, 38.975 doses de aplicação única e 23.280 doses de reforço. Nesse montante já estão contabilizados os 5% de reserva técnica.

A reserva técnica é uma medida de segurança, faz parte dos protocolos da logística e é necessária para evitar problemas no fluxo de imunização que possam ser causados por imprevistos eventuais, como por exemplo, quebra acidental de frascos.

O município tem capacidade para vacinar até 30 mil pessoas por dia e o avanço do cronograma de imunização ocorre à medida que as doses são enviadas pelo Ministério da Saúde ao governo estadual, responsável por distribuir os lotes do imunizante aos municípios.

Web Stories

Pega Pega

Treta! Nelito dá um soco em Julio por causa de Cíntia

Você sabia?

Cinco curiosidades sobre Curitiba que nem o curitibano raiz sabe!

Gigante!!

Nova Havan será quatro vezes maior que a loja que será abandonada em Curitiba

Pra curtir!

Novas atrações turísticas de Curitiba! Partiu conhecer?