Curitiba amanheceu sem chuva nesta sexta-feira (4) mas a instabilidade atmosférica deve seguir presente na capital. Segundo o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), embora o sol apareça, o céu ainda deve seguir carregado de nuvens e há risco de chuva forte no período da tarde. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a região de Curitiba está com alerta laranja de temporal, assim como todo o restante do Paraná.

+Leia mais! Governo do Paraná proíbe venda de bebidas após as 23h e aglomerações com mais de dez pessoas

De acordo com o Simepar, as temperaturas na capital devem seguir parecidas com as registradas nos últimos dias. A máxima prevista para esta sexta-feira é de 23º C, com mínima de 17º C. 

“A expectativa para Curitiba região metropolitana é termos uma condição um pouco mais elevada de instabilidade, em função de sistema que atua no Paraguai. À tarde, principalmente, há chance de chuva mais forte. Ao longo do dia, essa instabilidade avança para o Oeste e Sudoeste do Paraná”, explica o meteorologista Samuel Braun, do Simepar.

Litoral

A previsão para as praias é parecida. Conforme aponta o Simepar, o sistema de instabilidade que chega do Paraguai também traz chuvas para o Litoral do Paraná. Há condições para temporal à tarde. Também esquenta um pouco mais à beira-mar nesta sexta-feira.

Em Guaratuba, Pontal do Paraná e Matinhos, as temperaturas máximas previstas são de 27º C e as mínimas devem girar em torno dos 22º C.

+Viu essa? Engorda da orla Matinhos deve causar erosão em outras praias, alertam pesquisadores da UFPR

Alerta laranja de temporal

O alerta laranja emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia engloba chuva entre 30 e 60 mm/h, ventos intensos (60-100 Km/h) e queda de granizo. Há ainda risco de corte de energia elétrica queda de árvores e de alagamentos.

Os alertar são divididos em uma escala de cores que vai do Verde, o mais fraco, amarelo, laranja e vermelho, o mais grave.

O que fazer em caso de temporal?

Quem precisar comunicar a prefeitura de Curitiba sobre a queda de árvores deve utilizar o telefone 156 da Central de Atendimento ao Cidadão ou pelo site. O atendimento acontece por ordem de chamada e também de acordo com a gravidade da situação relatada.