Um incêndio durante a madrugada desta sexta-feira assustou moradores de um prédio na Avenida Silva Jardim, na região do bairro Água Verde, em Curitiba. A suspeita é que um dos moradores tenha deixado um equipamento ligado, o que acabou iniciando as chamas. Nenhum dos moradores do apartamento ficou ferido, mas um bombeiro, morador do prédio e que estava de folga no momento das chamas, ajudou no resgate e precisou de atendimento médico no local por ter inalado grande quantidade de fumaça.

+Viu essa? Novo milionário pelo Nota Paraná é morador da região metropolitana de Curitiba

De acordo com o Corpo de Bombeiros o incêndio ocorreu no 7º andar do prédio e o bombeiro, que mora no 10º andar, desceu para ajudar. No apartamento estavam duas pessoas e um animal de estimação que foram resgatados sem ferimentos.

Segundo o Tenente Felipe Felipak, um equipamento elétrico pode ter causado o incêndio. “Conversando com um morador do 7º andar, onde ocorreu o incêndio, foi relatado que havia uma cadeira de massagem elétrica. Não sabemos se houve uma sobrecarga de energia ou algo mais na tomada junto com essa cadeira, mas tudo leva a crer que foi essa situação que deu início às chamas”, explicou o militar.

Por fora do prédio foi possível ver o estrago. As chamas e a fumaça atingiram, por fora, até dois andares acima do apartamento incendiado.