A Defesa Civil segue recebendo doações de cilindros de oxigênio para suprir a alta demanda de hospitais de todo o Paraná para garantir o abastecimento aos pacientes da covid-19. Nessa semana a Secretaria da Saúde recebeu 100 cilindros de oxigênio doados pela Petrobrás, o que diminui a necessidade ou pelo menos garante um bom estoque para os doentes.

O objetivo da Defesa Civil é arrecadar 1 mil cilindros e colocá-los à disposição do sistema de saúde paranaense. O interessante é que qualquer pessoa pode doar ou até emprestar os cilindros. E não precisa ser uma empresa ou indústria. Desde o chamamento, donos de oficinas mecânicas e pessoas que usaram oxigênio e não usam mais, por exemplo, estão doando.

+ Leia mais: Vacinação para pessoas com comorbidades começa em maio. Confira lista de doenças

Os cilindros são recebidos podem ser levados até a Defesa Civil ou, caso necessário, os servidores vão até o local indicado pelo doador para recolher os objetos. Eles passam por uma manutenção e serão usados em algum hospital do Paraná e, em caso de empréstimo, serão devolvidos após a utilização.

O telefone da Defesa Civil é (41) 3281-2532.

“Em função da pandemia, principalmente as unidades de pequeno porte precisaram de cilindros mais do que o normal. Por isso o estado está contando com doações ou empréstimos para dar suporte para essas unidades”, disse o secretário da Saúde, Beto Preto. O Paraná recebeu até agora 378 cilindros de oxigênio. Destes, 276 já foram distribuídos para estabelecimentos de saúde de 32 municípios.