Um verdadeiro Atletiba – o maior clássico do futebol do Paraná, envolvendo Athletico e Coritiba – aconteceu na sessão plenária da Assembleia Legislativa do Paraná. O 1º Secretário da Assembleia, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), recebeu a palavra na abertura dos trabalhos. Para a surpresa dos presentes, vestindo uma faixa de campeão da Copa Sul-Americana (título conquistado pelo Furacão no último sábado) ele fez uma homenagem ao time do coração.

Veja o vídeo!

“Pela ordem, falar em nome dos torcedores que integram essa casa, não só deputados e deputadas, a todos servidores que partilham da mesma emoção e paixão que é o Furacão, nosso Clube Athletico Paranaense Como todos sabem, no ultimo sábado conseguimos um titulo totalmente inédito de bicampeão da Copa Sul-Americana”, disse.

+ Leia mais: Bancários fecham agências do Bradesco em Curitiba e denunciam demissões

Fez ainda uma lembrança ao nome do presidente do clube, Mario Celso Petraglia. “Petraglia é nosso torcedor símbolo, símbolo da gestão austera, planejamento, construção de um estádio dos mais modernos do mundo, e um clube que tem situação financeira superavitária, fruto da gestão competente. O futebol paranaense ganha muito com esse título”.

O deputado Luiz Fernando Guerra (PSL), que é torcedor do Coritiba, pediu a palavra para acusar Romanelli de infringir o artigo 121, incisivo primeiro, do regimento interno, que trata das vestimentas obrigatórias por parte do deputado atleticano. “Temos previsto no regimento que temos que ter o traje social completo. Isso se comemora fora da assembleia. questão de futebol é fora da Assembleia”.

Romanelli acusou o companheiro de casa de estar com dor de cotovelo sobre o desempenho do time no dia anterior (o Coritiba perdeu para o CSA na penúltima rodada da Série B). Fez, inclusive, um trocadilho jocoso com o nome do time alagoano, dizendo que o Coxa perdeu para a Ecovia ou CCR, o que irritou ainda mais o deputado Guerra. “Se contenha, deputado. Respeite essa casa”, disse o coxa-branca.

+ Leia também: Onde encontrar comida mais barata em Curitiba?

Sobrou até para os paranistas… pelo lado bom, e pelo lado da maldade. O deputado Tadeu Veneri, um dos torcedores do Paraná Clube mais conhecidos do estado, respeitosamente parabenizou o Furacão, mas concordou com Guerra de que não achava que ali era o lugar daquele tipo de manifestação.

O presidente da Alep, Ademar Traiano, retomou a palavra e frustrou o pedido de repreensão feito por Guerra e garantiu que Romanelli estava dentro do regimento. Aproveitou para parabenizar Athletico e Coritiba, mas cutucou o Paraná Clube, que nem fazia parte da “festa”.

“Os paranistas com certeza um dia voltarão para a segunda divisão {esquecendo, por conveniência ou problema de memória, que o Tricolor estava na 1ª divisão até bem pouco tempo atrás]. Os torcedores estão ansiosos, mas a Kombi vai passar daqui uns dias para carregar os torcedores do Paraná”, falou, para, em seguida, trocar de assunto.

Fala aí, deputado!

“Não houve nenhuma confusão. Estamos ainda comemorando o bicampeonato do Athletico Paranaense na Sul Americana e o deputado Guerra, que é torcedor do Coritiba, ficou chateado. Só isso. Aproveito e convoco todos os paranaenses para torcer pelo Athletico no final da Copa Brasil contra o Atlético Mineiro. Seremos também bicampeões da Copa Brasil”, afirmou Luiz Carlos Romanelli.

Para que fique claro: minha questão de ordem não teve nenhuma relação com a comemoração do título do Athletico, que aliás é uma conquista meritória e que engrandece o estado do Paraná. Também não falei na condição de torcedor e patrocinador do Coritiba que sou, falei como parlamentar por entender que esta casa de leis tem um regimento interno e ele preconiza em seu (Art. 121. Para manutenção da ordem, respeito e solenidade das sessões, serão observadas as seguintes regras:
I – é obrigatório aos Senhores Deputados e funcionários, durante a sessão plenária, o uso de traje passeio completo;) e também por crer que temos questões mais relevantes e serias a serem debatidas neste momento em nosso Estado, novamente, nada contra a celebração do meu amigo Romanelli, porém cada coisa em seu tempo e local apropriado”
, disse Luiz Fernando Guerra.

A reportagem aguarda posicionamento do deputado Romanelli.