O Diretor do departamento de obras da prefeitura de Curitiba, Augusto Meyer Neto, foi assassinado na noite deste domingo (29), em frente ao portão de casa, no bairro Santa Cândida, durante uma tentativa de assalto. Rafael Greca, prefeito de Curitiba, decretou luto oficial pela morte de diretor.

+Leia mais! Morre mais um suspeito de assalto que levou terror a Guarapuava

Imagens de câmeras de segurança mostram o assassino chegando em um carro modelo gol e abordando a Augusto, que estava em uma caminhonete branca. Um homem desembarca pela porta de trás do Gol e vai em direção ao servidor. Em determinado momento o veículo de augusto se move, mas logo para. Ele desce e tenta revidar empurrando o assassino, que dispara um tiro e Augusto cai no chão. Em seguida o autor do disparo volta pro gol e foge.

Imagem da câmera de segurança mostra o momento da tentativa de assalto que terminou com a morte do servidor de Curitiba.
Imagem da câmera de segurança mostra o momento da tentativa de assalto que terminou com a morte do servidor de Curitiba. Foto: Reprodução.

Pelas redes sociais, o prefeito de Curitiba Rafael Greca prestou condolências pela morte do servidor. “A equipe Siate tentou fazer cirurgia toráxica de emergência a caminho do Cajuru, mas o óbito aconteceu. Roguemos a Deus pela Sua Passagem com auxílio de Anjos consoladores. E peçamos pela sua Família e por todos nós. Nesta vida somos uma soma de instantes. E, num instante, não somos nada. Margarita e eu estamos desolados. Nossa equipe e nossos amigos vereadores também”, postou.

O vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, falou sobre o assassinato. “Muito triste com a notícia da morte precoce do servidor Augusto Meyer Neto, assassinado em uma tentativa de assalto agora a noite. Tive a oportunidade de trabalhar com ele quando fui secretário de Obras Públicas de Curitiba. Foi nosso competente e parceiro diretor de Pontes e Drenagens da Prefeitura. Sempre muito prestativo, conhecia como ninguém todo o sistema de drenagem da nossa capital. Meu sentimentos aos familiares e amigos, que Deus conforte a todos”, disse o vice-prefeito de Curitiba. A prefeitura da cidade ainda não se pronunciou oficialmente.

A Delegacia de Homicídios e de Proteção à Pessoa investiga o caso.

Pantanal

Zuleica não aceita morar na fazenda com os filhos

Além da Ilusão

Davi expulsa Iolanda de casa

Novidades da Netflix

Filmes e séries que chegam à Netflix nesta semana

Estreia da semana

5 curiosidades sobre “O Telefone Preto”