Bastou esquentar um pouco o tempo e os afogamentos em cavas da grande Curitiba voltaram a acontecer. Só na tarde de sábado (17), foram duas vítimas, uma no município de Araucária e o outro em São José dos Pinhais. Mesmo com as placas de proibido tomar banho, quando o calor vem, não é raro encontrar pessoas banhando-se nas cavas.

+ Leia mais: Sob forte ameaça, motorista recém-casado tem aliança roubada por ladrões!

Em Araucária, o afogamento ocorreu na Represa do Passaúna, próximo da Avenida Centenário, no bairro São Miguel. O Grupo de Operações de Socorro Tático (Gost) fez buscas atrás do adolescente de 15 anos e encontrou o corpo quase três horas após o início dos trabalhos de busca. O garoto, o estudante Pablo Wilian da Silva Ribeiro, estava com mais dois amigos e teria dito que sabia nadar. Quando tentou atravessar aquele trecho da represa, começou a se afogar no meio do caminho.

Outra morte

Foto: Átila Alberti/Tribuna do Paraná
Cava de São José dos Pinhais, onde um jovem morreu na quarta-feira (14). Foto: Átila Alberti/Tribuna do Paraná

Em São José dos Pinhais, o afogamento de um rapaz de 20 anos foi numa cava da Rua Ieda Solange Ribeiro, no Jardim Ipê. O corpo de Bombeiros o retirou da água e ele foi identificado como sendo o estudante Wellington Willian dos Santos de Mello. Na última quarta-feira (14) um jovem morreu afogado em uma cava, na mesma região. 

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Três motociclistas morrem em acidentes na BR-376, neste domingo de volta do feriadão