O nome é de dupla sertaneja e a cidade tem nome de santo, mas o show está longe de ser musical. Paulo e Patrick, de 39 e 18 anos, respectivamente, não são cantores, mas suspeitos que acabaram presos na manhã desta terça-feira (14) após um assalto a uma loja do Shopping São José, em São José dos Pinhais, na Grande Curitiba. Eles foram flagrados e presos pela Guarda Municipal nos arredores do centro comercial enquanto fugiam a pé com quatro ou cinco caixas de IPads cada um. E dançaram nas mãos das equipes, que recuperaram os produtos e encaminharam os dois artistas para a delegacia.

Os itens roubados foram avaliados em cerca de R$ 30 mil. E além dos eletrônicos, Paulo Sérgio de Camargo – dono de uma extensa ficha criminal – e Patrick Santos da Silva também estavam com uma pistola calibre 380. “A arma tinha a numeração suprimida e estava carregada com 15 munições”, conta o chefe de Operações da GM, Marciano Carlos Barreto. “Eles nem se defenderam, não disseram nada. Mas também não havia nada para ser dito já que todas as provas estavam ali”.

Em nota oficial, o Shopping São José afirmou que “está em contato com as autoridades competentes e colaborando com a apuração dos fatos”. E ainda reforçou que “o empreendimento zela pelo melhor ambiente e segurança de seus visitantes e, para isso, conta com uma equipe especializada  no intuito de garantir a integridade de seus frequentadores e colaboradores”.

Roubo e fuga

De acordo com a Guarda Municipal, quatro homens entraram no shopping e se dividiram em duas lojas – uma da Apple e outra da Samsung. Quando o grupo finalmente saiu do local após o roubo, os seguranças pediram ajuda. “Para azar dos bandidos, eles resolveram se dividir de novo. Dois fugiram correndo e dois em um Fiesta Preto”, explica Barreto.

Contando apenas com a velocidade das próprias pernas, Paulo e Patrick foram localizados na rua Ângelo Zen. Eles corriam com os IPads quando deram de cara com uma equipe da GM e foram presos em flagrante. “Esses dois foram os autores do assalto na loja da Apple e a outra dupla, que roubou a loja da Samsung, escapou de carro pela contramão da rua Voluntários da Pátria”. Os suspeitos foragidos ainda não foram localizados.

Paulo e Patrick estão na carceragem da Delegacia Regional da Polícia Civil de São José dos Pinhais. Lá, eles não aguardam o assédio dos fãs, mas sim os procedimentos cabíveis que serão determinados pela Justiça. Já as palmas do público vieram pelas redes sociais, todas direcionadas à Guarda Municipal.