O governador Ratinho Jr afirmou, na manhã desta quinta-feira (08), que o Paraná está em clima de guerra contra o coronavírus. Segundo ele, os municípios não devem parar a vacinação com medo de que faltam doses. Segundo ele, o governo está em contato direto com o Ministério da Saúde pra garantir o recebimento constante de doses. Nesta quinta-feira chegaram ao Paraná mais 242 mil doses e a previsão é que cheguem até 1,5 milhões de doses durante abril ao Paraná.

+Leia mais! Vacinação contra gripe começa na segunda-feira; veja quem recebe antes a vacina

“Hoje é quinta-feira e as doses chegam nos municípios possivelmente na sexta. Então já pega no final de semana e não para. Estamos num momento de enfrentamento de guerra, não dá pra ter intervalo de vacinação. Chegou? Tem que ir para o braço das pessoas. Esse é o objetivo, independente de risco de as doses acabarem. Estamos trabalhando para pegar novos lotes. Estamos cobrando isso do Ministério da Saúde”, disse o governador Ratinho Jr, no recebimento de 242 mil doses nesta manhã em Curitiba.

Segundo o governador, o governo federal prometeu de 25 a 30 milhões de doses. “Disso, o Paraná deve ter aí de 1,2 milhão a 1,5 milhão de doses e isso tem que estar nas pessoas”, disse o governador, ressaltando o programa de vacinação de domingo a domingo e “corujão, que prevê vacinação em horários estendidos como entre 20h e meia noite.