Pagar boletos. Emitir notas. Controlar o fluxo de caixa. Efetuar reembolsos de despesas. Essas são apenas algumas das tarefas mais comuns para a gestão financeira de qualquer empresa. Apesar da aparente simplicidade, no dia a dia se revelam complexas e burocráticas, desperdiçando tempo, dinheiro e equipe. Para resolver esse problema, o empresário Henrique Gusso Netzka desenvolveu o Nimbly, uma plataforma criada em Curitiba e que irá abrir dez vagas de emprego em Curitiba e São Paulo.

Segundo a Startup, porém, as vagas ainda não estão definidas, pois dependem de um plano de expansão dos negócios. A startup – que nasceu em Curitiba e hoje tem sua base na capital paulista, em um dos ecossistemas de inovação mais importantes do Brasil, o Cubo – tem crescido entre 30% e 40% ao mês e projeta essa média de avanço para os próximos doze meses.

Nesse período também devem ser investidos entre R$ 2 milhões e R$ 3 milhões. Parte do dinheiro vem de fundos de investimos como o Grupo Bossa Nova e o Next A&M, que enxergaram na fintech o potencial de revolucionar o mercado de BPO – Business Process Outsourcing –, ou seja, a terceirização dos processos financeiros. O investimento deu mais fôlego para o Nimbly colocar em prática muitas ações que já fazem parte da sua essência. Por isso, todo o aporte externo será direcionado para vendas e expansão do mercado, enquanto o faturamento tem como destino a aprimoração do produto.

Como consequência imediata dessa oxigenação, foram ampliados todos os times, e se projeta abrir mais postos de trabalho direto até o final deste ano. Além da sede em São Paulo, em Curitiba ocupa o HotMilk, ecossistema da PUCPR e ponto de sinergia para o empreendedorismo tecnológico no Paraná. Em comum às sedes, os espaços pensados para criar um ambiente saudável e rico de trabalho, com qualidade de vida – uma característica que, aliás, faz parte dos valores da startup – e, claro, oportunidades de networking.

Encurtando processos

Ao surgir para facilitar e encurtar os processos, o Nimbly exerce o seu maior trunfo, o foco nas relações humanas. São pessoas trabalhando com e para pessoas. Na visão do CEO e founder do Nimbly, o empreendedor deve se preocupar com produzir, vender e entregar e, portanto, não faz sentido desviar a atenção para questões de burocracia ou entraves tributários que não geram valor.

“Estamos trabalhando muito forte para trazer uma experiência que, de fato, diga adeus à parte burocrática e braçal”, comenta Netzka. Reduzindo ou eliminando caminhos sobra mais tempo para o que realmente importa dentro de uma empresa: cuidar do seu negócio.

Para colocar fim a essas barreiras, o Nimbly criou uma nova maneira de fazer gestão financeira, com criatividade, otimização e valorização do operador. Por meio de sistema inovador de BPO, o Nimbly oferece soluções ágeis e estáveis na movimentação de dados, potencializando os resultados.

A interface intuitiva reúne as rotinas operacionais em um único lugar, centralizando o que for mais importante e disponibilizando as informações em tempo real, assegurando sempre uma melhor tomada de decisão. “Nosso propósito”, comenta Netzka, “é, realmente, juntar as pessoas e fazer uma interação bem fluída entre todos.”

Novas oportunidades

Se a economia brasileira já apresentava sinais de enfraquecimento, a pandemia de coviod-19 trouxe novos desafios e para solucioná-los é fundamental encontrar respostas inteligentes e inclusivas.

A partir dessa estratégia, de expandir e qualificar o mercado, Henrique Gusso Netzka observa a possibilidade de fortalecer e maximizar os serviços prestados pelos escritórios de contabilidade.

Na visão do empresário, o BPO tem aberto portas para negócios mais lucrativos e longevos, permitindo, por exemplo, uma nova receita mensal para os profissionais contábeis, ao mesmo tempo em que potencializa e aquece o mercado. “Estamos investindo para transformar”, diz Netzka, que atua no setor de tecnologia desde os 17 anos.

Ampliar e transformar, para o Nimbly, não é um movimento autocentrado, mas uma ação coletiva, construída a muitas mãos. E, por isso, está no horizonte da empresa criar ou subsidiar cursos de capacitação profissional em BPO e o desenvolvimento de um marketplace em que os clientes finais possam encontrar parceiros do Nimbly. “Esse é um jogo em que muita gente ganha”, avalia Henrique.

Pantanal

Juma atira nos pés de Jove

Loterias

Veja o resultado das loterias desta terça-feira!

Inverno Chegou

Veja como será o primeiro dia de inverno em Curitiba

Além da Ilusão

Lorenzo declara seu amor por Letícia