Os números do coronavírus em Curitiba seguem alarmantes. Tomando o boletim do dia 4 de novembro (um mês atrás) como base, quando a curva de contágio já estava ascendente, a capital registrou nesta sexta-feira (4) três vezes mais mortes, 5 vezes mais novos casos diários da covid-19 e quase 5 vezes mais curitibanos contaminados, considerados como ativos transmissões da doença.

Naquele dia, foram seis mortos (1.496), 331 novos casos (54.116 no total) e 3.935 doentes ativos. Desta vez, conforme o boletim epidemiológico emitido pela Secretaria da Saúde do Município, 19 mortes, 1735 novos casos e 13.238 casos ativos.

+ Leia mais: “Temos dinheiro separado para comprar vacinas”, anuncia Greca contra a covid-19

As novas vítimas são seis homens e 13 mulheres, com idades entre 37 e 94 anos. Dois homens não tinham fatores de risco para complicações da covid-19. Dois pacientes que foram a óbito estavam internados havia mais de um mês. Até agora são 1.807 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia.

Com os novos casos confirmados, 84.440 moradores de Curitiba testaram positivo para a covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 69.355 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença.

UTIs do SUS

Nesta sexta-feira (4/12), a taxa de ocupação dos 344 leitos está em 94%. Todos os pacientes que são internados com quadro de síndrome respiratória aguda grave vão para os leitos exclusivos covid-19 e não apenas os casos confirmados da doença. No momento restam 19 leitos livres.

+ Veja também: Lockdown na região metropolitana de Curitiba aos domingos é discutido em reunião nesta sexta

Números da covid-19 em 4 de dezembro

1.753 novos casos
19 novos óbitos (13 nas últimas 48h)

Números totais

Confirmados – 84.440
Casos Ativos- 13.238
Recuperados – 69.355
Óbitos – 1.807