Um empresário resolveu doar um de seus estabelecimentos, o Bar CanaBenta, localizado há 14 anos na Rua Itupava, no Alto da XV, em Curitiba. Isso mesmo, doar. Segundo o empresário Délio Canabrava, quem quiser assumir a empreitada não vai ter que pagar nada por isso, apenas assumir um passivo de R$ 350 mil, mediante um contrato com advogado. Ficou interessado?

+Atualização! Bar de Curitiba que estava sendo doado por crise da pandemia tem novo destino definido

Délio contou à Tribuna que os últimos meses têm sido difíceis para o bar, que antes da pandemia tinha cerca de 20 funcionários e sempre lotava quando abria. “Hoje são 9 funcionários. O bar tem uma clientela excelente. O dia que abre enche, mas temos outros três negócios que estão melhores. Como não sabemos os efeitos desta medida do governo, decidimos passar para frente. Estou doando o bar”, garantiu o empresário, que comanda ainda os estabelecimentos Cantina do Délio, a Banoffi Confeitaria e o Empório do Délio.

Délio explica que quem assumir o bar terá que arcar com um passivo de R$ 350 mil. “São questões de financiamento, banco, impostos e outras dívidas. A pessoa terá que assumir tudo em um contrato com advogado”, disse o empresário, que tentou reabrir nas últimas semanas, mas acabou registrando uma queda de 70% no movimento.

+Viu essa? Vento arranca janelas de prédio e faz estragos em Curitiba; “achei que fosse um disco voador”

Sobre o decreto do governo estadual, adotado por Curitiba, e que prevê o fechamento por 14 dias de serviços não essenciais, o empresário diz que a medida pode prejudicar muitos comércios. “Acho que foi uma medida exagerada. Muitos bares e restaurantes não vão conseguir aguentar”, disse.

Leia mais! Entenda o que acontece quando é decretado lockdown

A preocupação é grande também na Associação Comercial do Paraná (ACP). Segundo Camilo Turmina, presidente da entidade, o decreto é cruel com os empresários.

Atenção, interessados!

Para ter mais detalhes sobre a proposta de Délio e quem sabe assumir o Bar Canabenta, basta entrar em contato com o próprio Délio, pelo telefone (41) 9 8819-7126.


Precisamos do seu apoio neste momento!

Este conteúdo te ajudou? Curtiu a forma que está apresentado? Bem, se você chegou até aqui acredito que ficou bacana, né?

Neste cenário de pandemia, nós da Tribuna intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise. Bora ajudar?

Ao contribuir com a Tribuna, você ajuda a transformar vidas, como estas

– Pai vende vende 1000 bilhetes de rifa com a ajuda da Tribuna pra salvar o filho
– Leitores da Tribuna fazem doação de “estoque” de fraldas para quíntuplos
– Leitores se unem para ajudar catadora de papel de 72 anos

E tem várias outras aqui!

Se você já está convencido do valor de sua ajuda, clique no botão abaixo