Uma ação motivacional da prefeitura de Curitiba – e bota motivação nisso – fez a alegria de oito técnicas de enfermagem, dentistas, auxiliares de saúde bucal e agentes comunitárias da equipe de vacinação contra a covid-19 que trabalha no Clube da Gente da CIC. Os profissionais trocaram os jalecos por maiôs e caíram na piscina para uma aula de 45 minutos hidroginástica. O fim do expediente diferente foi na quinta-feira (28).

“Sempre dizíamos umas pras outras: no último dia de trabalho aqui, vamos cair nessa piscina. Parece que estavam adivinhando”, disse a enfermeira Elizabeth Ratzk, que desde fevereiro coordena a equipe de 22 profissionais de saúde e oito de apoio. “Teve quem ficasse com vergonha de ficar de maiô e disse que se arrependeu”, completou.

+ Leia mais: Papagaio rouba a cena em câmera na BR-116, em Curitiba. Olha só que figura!

Segundo a prefeitura, o grupo é responsável pela aplicação de cerca de 900 doses por dia durante a semana e já chegou a 1,3 mil em um sábado.

Companheirismo

A vontade de fazer a aula era das vacinadoras, mas o convite partiu da coordenadora da unidade esportiva, a professora de Educação Física Juliana Lazzarotti, da Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj).

“Elas são nossas parceiras durante todo este ano e não conheciam a piscina ainda. Resolvi fazer a proposta antes que fossem embora”, disse a professora Juliana.

Desde que o posto foi montado, a equipe de vacinação ocupa quatro salas na parte da frente do local. Por causa disso, a entrada para as instalações da Smelj, que retomou suas atividades há cerca de um mês, foi direcionada para a parte de trás do prédio. Ali acontecem aulas de ginástica, natação, hidroginástica, alongamento, futebol, ritmos, condicionamento físico e tae-kwon-do para a comunidade.

A meta das vacinadoras, agora, é conseguir uma aula de ritmos antes de 17 de novembro, data prevista para o posto de vacinação encerrar atividades no local.