O estudante universitário André Luiz Viater Tureck, 33 anos, morreu dentro do terminal de ônibus do Fazendinha, no início da madrugada deste domingo (20). O universitário, que cursava o terceiro ano de odontologia na Universidade Federal do Paraná (UFPR), tropeçou e caiu quando descia do ônibus e foi parar embaixo do coletivo. O motorista não percebeu que o rapaz estava em perigo e saiu com veículo, arrancando gritos dos demais usuários que aguardavam a próxima condução.

Ele desceu rapidamente, mas já tinha passado com o ônibus em cima do corpo do estudante. Segundo testemunhas, o rapaz tinha sinais de embriaguez e havia passado mal e vomitado dentro do coletivo durante o trajeto até o terminal, por isso teria se desequilibrado na descida. Socorristas do Siate e um médico chegaram minutos depois para tentar resgatá-lo com vida, mas o jovem estava morto.

O motorista foi ouvido por policiais e garantiu não ter visto que André estava embaixo do ônibus. Um inquérito policial foi instaurado pela Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran), para que a morte do estudante seja esclarecida. No início da manhã, familiares do rapaz pegaram a documentação necessária na delegacia para liberar o corpo no Instituto Médico-Legal. De acordo com colegas, André era um bom rapaz. Era torcedor do Atlético-PR e costumava ir com frequência aos jogos.