Reconhecido por duas mulheres e uma adolescente, vítimas de estupro, Ricardo Lourenço Machado, 26 anos, foi preso, ontem, por policiais militares do 17.º Batalhão da Polícia Militar. Ele foi levado para a delegacia de Piraquara e encaminhado para o Centro de Triagem II.

Segundo o delegado Osmar Feijó, a polícia investigava os diversos casos de estupro registrado na região da Vila Macedo. E, na manhã de sexta-feira, recebeu a denúncia de que um homem estava se masturbando, próximo a linha de trem.

“Os policiais foram até o local e o prenderam com uma pistola de brinquedo, uma touca que deixa somente os olhos à mostra e uma revista pornográfica”, contou o delegado Feijó.

Revolta

Ricardo foi colocado no xadrez da delegacia, mas quando os presos ficaram sabendo por qual crime estava preso, teve que ser levado imediatamente para o Centro de Triagem II.

“Acreditamos que existam outras vítimas, que por medo, ou vergonha, não registraram queixa. No entanto, precisamos que elas compareçam na delegacia para fazer o reconhecimento”, completou o policial civil. Ricardo Lourenço Machado é casado e pai de três filhos. O estuprador morava próximo ao local onde foi preso.