O evento virtual Inovação no Transporte Coletivo de Curitiba, realizado pela prefeitura em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), nesta terça-feira (26) esclareceu detalhes do edital da Estação Prisma Solar Agrárias, novo modelo de estação do Inter 2. Com transmissão simultânea pelo YouTube da Prefeitura, o evento virtual reuniu representantes de empresas das áreas de engenharia civil, tecnologia e mobilidade.

Entre as dúvidas dos participantes, a mudança do modelo arquitetônico da parada de ônibus da linha foi a que chamou mais atenção. A prefeitura ressaltou que as estações-tubo, marco no sistema de transporte coletivo da cidade, não serão alteradas em outras linhas, somente no trajeto do Inter 2.

LEIA TAMBÉM:

>> Comboio com dezenas de viaturas chama atenção em Curitiba. Entenda!

>> Após ter áudios vazados, vereador Márcio Barros pede pra sair do Conselho de Ética da Câmara de Curitiba

“O modelo prisma será um salto na inovação do sistema para o uso da eletromobilidade. No futuro, soluções tecnológicas aprovadas na rota da Prisma Solar poderão ser aplicadas nas estações-tubo, principalmente nas questões de sustentabilidade”, esclarece o arquiteto Fabiano Losso, um dos autores do projeto.

O engenheiro civil Marcio Teixeira, diretor técnico da Utag, detalhou as exigências do edital, com aplicações de soluções tecnológicas que permitam a manutenção e gestão remota da operação, como bilhetagem eletrônica, climatização e autossuficiência energética, com uso de energia solar. “O modelo arquitetônico deve ser fiel ao anteprojeto do Ippuc. As inovações de operação, infraestrutura, experiência do usuário e sustentabilidade são as complementações necessárias para a nova fase do transporte coletivo da cidade”, explicou.

A Prefeitura recebe as propostas da Estação Prisma Solar até o dia 18 de maio. Os envelopes devem ser entregues até às 11h no setor de protocolo do Ippuc, situado à rua Bom Jesus, 669. A comissão de licitação abre os envelopes no mesmo dia, às 15h.

A nova estação do Inter 2 é a primeira licitação do Programa de Mobilidade Urbana Sustentável de Curitiba, que tem parte dos recursos – US$ 106 milhões – financiados pelo BID. O edital, de abrangência internacional, prevê a entrega do projeto executivo, a implantação da obra e a operação assistida por seis meses.

Mais informações sobre o edital pode ser solicitadas pelo email utag@ippuc.org.br ou pelo telefone (41) 3250-1436.

Pantanal

Zuleica está preocupada com Marcelo

Instagramáveis

Saiba onde encontrar as lindas cerejeiras em Curitiba

Novidades da Netflix

Volume 2 de Stranger Things 4 e mais séries e filmes chegam nesta semana

Além da Ilusão

Joaquim termina seu noivado com Isadora