A Superintendência de Trânsito de Curitiba (Setran) tirou das ruas da cidade, nos últimos dias doze carros que, juntos, acumulavam R$ 219 mil em débitos. Destes, onze estavam estacionamentos em locais irregulares e com multas. O outro tinha placas inlegíveis. Na semana passada a Setran recolheu dois carros que juntos tinham R$ 44 mil em multas e débitos. Entre os carros estava uma Land Rover Evoque, uma Mitsubishi Pajero, uma Dodge Dakota e um Kia Óptima que era o campeão de débitos: R$ 90 mil.

+Leia mais! Dr Jamal vence o coronavírus e deixa a UTI após 40 dias internado

Segundo a prefeitura de Curitiba o Kia Óptima estava com 136 multas que não tinham sido pagas pelo proprietário desde 2015. Um detalhe que chama atenção é que a maioria destas multas foi registrada entre vias como a Avenida das Torres, Ivo Zanrorenzi e Getúlio Vargas entre a manhã e início da tarde. Quando foi flagrado o carro estava estacionado de forma irregular na Avenida República Argentina.

Os outros veículos são um Citroen C3 que estava em vaga de carga e descarga (débitos de R$ 7,1 mil); um Renault Clio na Rua Rio Grande do Sul, cujo motorista estava com a CNH suspensa (R$ 7 mil); um Volkswagen Gol branco com placas dianteira e traseira apagadas trafegando pela Avenida República Argentina (R$ 7,3 mil); uma Chrysler Cruiser estacionado irregularmente em vaga de curta duração (15 minutos, com pisca-alerta) na Rua Dr. Faivre (R$ 11,6 mil); e um Evoque Pure estacionado no passeio, no Parque Barigui (R$ 32,6 mil). O parque, inclusive, foi alvo de uma ação para evitar aglomerações por conta do risco do coronavírus.

Dodge Dakota tinha R$ 4,9 mil em débitos e estava em uma vaga de curta duração. Foto: Divulgação/SMCS.

Houve ainda registro de um Honda Fit estacionado em faixa amarela na Avenida Visconde de Guarapuava (R$ 7,7 mil) e um Dodge Dakota Sport na Rua Desembargador Motta, em frente ao hospital Pequeno Príncipe, em vaga de curta duração (4,9 mil).

+Viu essa? 133 veículos abandonados são guinchados das ruas de Curitiba durante a pandemia

No fim de semana foram outros quatro casos: um Citroen C4 estacionado sob o passeio na Avenida Visconde de Guarapuava (R$ 4,3 mil); um Honda Civic sem credencial em vaga exclusiva para pessoa com deficiência na Avenida Vicente Machado (R$ 10 mil); um Peugeot estacionado sob o passeio na Rua Nicarágua (R$ 7 mil); e um Pajero irregular em vaga de curta duração na Avenida Sete de Setembro (R$ 27 mil).


Precisamos do seu apoio neste momento!

Este conteúdo te ajudou? Curtiu a forma que está apresentado? Bem, se você chegou até aqui acredito que ficou bacana, né?

Neste cenário de pandemia, nós da Tribuna intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise. Bora ajudar?

Ao contribuir com a Tribuna, você ajuda a transformar vidas, como estas

– Pai vende vende 1000 bilhetes de rifa com a ajuda da Tribuna pra salvar o filho
– Leitores da Tribuna fazem doação de “estoque” de fraldas para quíntuplos
– Leitores se unem para ajudar catadora de papel de 72 anos

E tem várias outras aqui!

Se você já está convencido do valor de sua ajuda, clique no botão abaixo