O ex-presidiário Vilmar Witnann, 40 anos, foi assassinado a tiros na noite de terça-feira (12). O crime aconteceu na Rua Joaquim Teodoro Portugal, no Xaxim, onde foi ferido com dois tiros.

Ele foi levado ao Hospital do Trabalhador, mas morreu logo que deu entrada. Segundo o delegado Rubens Recalcatti, titular da Delegacia de Homicídios, Vilmar ficou preso por 16 anos por assalto e estava em liberdade há cinco anos.

“Sabemos que depois que saiu da cadeia ele passou um tempo em Santa Catarina e recentemente voltou para Curitiba. Agora vamos ouvir as pessoas do relacionamento dele para saber se ele estava envolvido com o crime novamente ou se foi morto por conta das coisas que viveu anteriormente”, explicou o delegado. Ele disse também que recebeu apenas a informação que o autor dos tiros estava a pé e estava trajando roupas escuras e boné.