“Não perturbe antes das 10h35 PM” dizia o recado na porta do quarto da casa de madeira, no bairro Guaraituba, em Colombo, onde Rodrigo Peixoto, 19 anos, dormia, quando foi morto com um tiro na boca.

Por volta das 10h30 de ontem, a mãe e o sobrinho da vítima, que também dormiam na casa, acordaram com o estampido. Quando entraram no quarto, encontraram Rodrigo morto.

O soldado Maciel, do 17.º Batalhão da Polícia Militar, contou que a PM foi acionada depois das 11h. Nenhuma arma foi encontrada pela equipe dentro do barraco, na Rua Altivo de Oliveira Gomes Júnior, atrás do terminal de ônibus do Guaraituba.

Furtos

O irmão da vítima revelou que Rodrigo era usuário de droga, praticava pequenos furtos para sustentar o vício. “Ele estava sendo ameaçado, segundo me disseram. A vida dele era correria”, contou.

Segundo o soldado Maciel, não há informação sobre a autoria do crime. Investigadores da delegacia do Alto Maracanã estiveram no local do crime. A mãe e o sobrinho da vítima foram conduzido à delegacia para prestar depoimento.