O envolvimento de um jovem, de 19 anos, com o mundo das drogas terminou em morte no início da tarde desta quinta-feira (23). O pai de Paulo Alberto Nogueira Zemer chegou a pagar parte da dívida do filho com traficantes, mas não evitou o desfecho trágico.

Paulo e o irmão estavam indo à casa de um vizinho, na Rua José Giraldi, Cajuru quando foram surpreendidos pelos assassinos, que estavam em um Golf preto. Dois homens armados desceram do carro e atiraram contra a vítima. Mesmo ferido, o jovem tentou escapar dos assassinos, mas tombou na casa em frente de onde morava com a mãe. “Foram ouvidos cerca de 30 tiros, que também acertaram árvores e um carro estacionado”, explica o tenente Nicácio, do 20.º Batalhão da Polícia Militar. As várias cápsulas espalhadas indicavam que as armas usadas eram pistolas.

Pagamento

Familiares contaram à polícia que o jovem era ameaçado há bastante tempo e a casa onde moravam tinha sido invadida pelos traficantes várias vezes. Sem encontrar Paulo eles prometeram matar os parentes no lugar do rapaz, caso não o achassem.

O pai da vítima disse ter conseguido pagar parte da dívida do jovem, mas não foi suficiente para pouparem a vida de Paulo.

Antônio Picalho, dono do veículo atingido por um projétil, contou que havia saído do carro alguns segundos antes do tiroteio. “Acabei de estacionar, quando fechei a porta da minha casa escutei os tiros”. Um dos disparou atingiu o para-brisa do carro. “O prejuízo não é nada perto de ter salvo a minha vida”, afirma Antônio.

As investigações estão a cargo da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).