O Ministério Público do Paraná vai apurar os fatos que ocorreram no último final de semana no município de Cerro Azul, na região metropolitana de Curitiba, envolvendo uma família que, ao passar por um bloqueio policial, foi perseguida e teve o carro atingido por vários disparos de arma de fogo.

A investigação será conduzida pelo promotor de Justiça Rafael Muzy Bittencourt, da comarca de Cerro Azul, que instaurou procedimento investigatório criminal nesta quarta-feira, 16 de setembro. Ele vai apurar as circunstâncias dos fatos e se houve excesso na abordagem feita pelos policiais.

De acordo com documentos anexados no procedimento, na noite do dia 13 (sábado), o casal, que estava com o filho de um ano de idade no carro, foi perseguido entre as cidades de Doutor Ulysses e Cerro Azul. A ação terminou com o veículo alvejado com vários tiros, mas ninguém se feriu. Com a instauração, o MP-PR solicitou a realização, pelo Instituto de Criminalística do Paraná, de perícia no automóvel da família, o qual, logo após os fatos, teria sido recolhido pelos policiais e levado para conserto em uma oficina mecânica em Curitiba, no bairro Portão (Termo de Recolhimento nº 680864). Afora a inquirição do motorista e da passageira do automóvel, já realizadas, também foi solicitada a oitiva de funcionários de uma lanchonete que fica próxima ao local da abordagem e de outras testemunhas que passavam pelo local.